Como Ajudar
Especial U2

Livro sugere que Mick Jagger manteve romance com outros dois integrantes dos Rolling Stones

Redação 89

Livro sugere que Mick Jagger manteve romance com outros dois integrantes dos Rolling Stones imagem divulgação

Em seu novo livro, The Stone Age: Sixty Years of the Rolling Stones, a autora Lesley-Ann Jones diz que Mick Jagger teve casos com os colegas de banda Keith Richards e Mick Taylor, além de outras notáveis celebridades masculinas e músicos.

Segundo matéria publicada nesta quinta-feira (06) pelo Daily Mail, Jones, que escreveu biografias bem-sucedidas sobre David Bowie, Freddie Mercury e John Lennon, afirma ainda que os casos eram de conhecimento comum entre suas várias namoradas e esposas dos homens. Jones também escreve que a relação entre Jagger e Richards era algo mais profundo do que apenas um namoro único.

A escritora entrevistou a cantora e atriz britânica Marianne Faithfull, que estava tendo um caso celebrado com Jagger durante os primeiros anos da banda. Faithfull disse que sempre “tinha a noção de que havia uma corrente sexual” nos primeiros dias do relacionamento dos músicos.

A ex-namorada de Richards, Anita Pallenberg, que morreu em 2017, disse a Jones que havia uma natureza romântica no relacionamento dos dois roqueiros. “Desde que os conheci, vi que Mick estava apaixonado por Keith”, diz Pallenberg.

Embora o vocalista dos Rolling Stones possa ter ficado encantado com Richards, isso não o impediu de investir sexualmente em outros homens e mulheres, de acordo com Jones. Ela escreve no livro que uma dessas conquistas sexuais foi o novo guitarrista Mick Taylor, que esteve na banda no período de 1969 a 1974.

Taylor substituiu Brian Jones e saiu devido a diferenças criativas com o restante do grupo, bem como um vício em drogas e álcool que eventualmente tiraria sua vida pouco depois que ele deixou os Stones.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS