Promoção - EU QUERO IR AO SUMMER BREEZE 89

Vocalista do Hateen lamenta não participar de festival e diz que “nem ingresso ganhou”

Redação 89

Vocalista do Hateen lamenta não participar de festival e diz que “nem ingresso ganhou” imagem divulgação

Neste sábado 2 de março, no Allianz Parque, em São Paulo, a turnê “I Wanna Be Tour” desembarca no Brasil com um line-up incrível de 12 bandas que marcaram toda a geração do início dos anos 2000. Simple Plan, A Day To Remember, The All-American Rejects, All Time Low, The Used, Asking Alexandria, Boys Like Girls, Mayday Parade, Plain White T’s, além das atrações nacionais NX Zero, Pitty e Fresno estão escalados para essa celebração.

Uma das bandas que se encaixariam perfeitamente no evento, mas acabou ficando de fora do line-up, é a Hateen, que embora tenha nascido em 1994, surfou na onda do hardcore melódico e emo do início deste século e contabilizou uma legião de fãs.

Usando sua conta no X (ex-Twitter) nesta quinta-feira (01), Rodrigo Koala, vocalista do grupo, lamentou não participar do festival. “A galera vem me falar que a gente (Hateen), deveria estar na I Wanna Be Tour hehehe Olha só amigos, nem ingresso pra ir assistir eu ganhei… quer coisa mais emo que isso?”, escreveu o músico, acrescentando em caixa alta “THE ALL BRAZILIAN REJECTS!” para ressaltar a não inclusão da banda.

O comentário gerou uma enxurrada de manifestações de fãs destacando que o Hateen é uma das bandas que melhor representam o rock nacional nos anos 2000 e alguns, de forma bem-humorada, chegaram a oferecer ingressos para o cantor.

Outro ponto importante ressaltado pelos comentários dos seguidores de Rodrigo Koala foi a necessidade de um festival que rode o Brasil somente com artistas nacionais, como Dance Of Days, Hevo 84, Gloria, entre outros bons nomes que também não estão no “I Wanna be Tour”. Fica a dica, né?

Devido à polêmica levantada com seu tuíte, Koala voltou à rede na manhã desta sexta-feira (01) para explicar: “As pessoas não entendem que não é pelo ingresso, é pela união entre as bandas, cena, pela causa”. Ele divulgou um vídeo explicando seu ponto de vista:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS