Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Johnny Monster se inspira em Pet Sounds, Raul Seixas e Almir Sater no novo álbum “A Nova Era Do Só Você”

Redação 89

Johnny Monster se inspira em Pet Sounds, Raul Seixas e Almir Sater no novo álbum “A Nova Era Do Só Você” Foto: André Marothy

O cantor e compositor paulista Johnny Monster lança hoje seu novo disco A Nova Era Do Só Você, via ForMusic Records. Apresentando uma sonoridade nova e mais orgânica, o álbum inclui 10 faixas que criam o trabalho mais forte e conceitual de Johnny até hoje.

O processo de criação do A Nova Era Do Só Você começou em um formato acústico, apenas violão e voz, no estúdio Aurora, no final de 2020. “Senti uma necessidade muito forte de registrar essas músicas. Foram compostas em diferentes períodos, mas com características em comum: elas tinham uma linha, um estilo ‘folk country rock psicodélico brasileiro’ diferente dos meus outros discos, onde as músicas possuem direções variadas, mesclando estilos”, conta Johnny. “Dessa vez, é quase como um álbum ‘conceito’, as canções todas realmente se completam.”

Após a sessão inicial, e inspirados por uma audição do disco Pet Sounds dos Beach Boys, Johnny e o produtor Carlos Eduardo Freitas, decidiram tomar uma abordagem semelhante ao processo de Brian Wilson e a sonoridade “wall of sound”, com diversos overdubs gravados em cima das gravações acústicas originais. O resultado foi um álbum “vintage”, inspirado nas produções nos anos 60 e 70 e gravado com praticamente nenhum efeito ou edições digitais. Foram utilizados também arranjos de cordas, e muitas camadas de violões e guitarras, conferindo ao disco uma grandiosidade que honra os álbuns clássicos da época.

Além de Pet Sounds, o músico ainda cita influências de artistas como Buffalo Springfield, Grant Lee Buffalo, Velvet Underground, Kevin Morby, entre outros; e inclui também inspirações nacionais, como Almir Sater e Raul Seixas, evidenciados pela instrumentação em várias faixas do disco.

Por conta da pandemia, o número de músicos envolvidos no disco foi reduzido, escalonados em sessões distintas. Além dos instrumentos gravados pelo próprio compositor, participaram das gravações Guga Almeida (bateria), Júlio Pelloso (cello), Thiago Moretti (violinos), e Helena Hennemann (backing vocals). Além de produzir o disco, Carlos Eduardo Freitas tocou baixo.

Mesmo tendo sido criado em um momento difícil, as canções do álbum mantém um tom otimista. “Dei tudo, mesmo, nesse álbum. Foi um trabalho insano, num momento difícil de nossas vidas, com pandemia, cenário político horroroso; mas o disco tem uma mensagem muito esperançosa, uma força e coesão que não sinto nos meus outros trabalhos.”

O disco é formado por 10 faixas, entre elas os singles “Os Pássaros”, “Cidade Grande” e “Armadilhas Do Pensamento”, já disponibilizados anteriormente. O álbum é encerrado pela faixa título, que sintetiza os temas e sonoridade do álbum em um final grandioso, guiado pela orquestração de um arranjo de cordas.

A Nova Era Do Só Você já está disponível em todas as plataformas. Ouça AQUI ou utilize o player abaixo:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS