Como Ajudar
Especial U2

Editors: novo videoclipe traz animação psicodélica criada com inteligência artificial

Redação 89

Editors: novo videoclipe traz animação psicodélica criada com inteligência artificial Foto: Rahi Reznavi

Os britânicos do Editors retornaram nesta quarta-feira (20) com um novo single que leva o nome de “Heart Attack”. A faixa marca sua primeira música nova desde 2019, e o lançamento de estreia com o compositor premiado Ivor Novello, e produtor Benjamin John Power, conhecido como Blanck Mass, que se junta à banda como membro permanente.

Com uma intensidade pulsante e eletrônica, sintetizadores inspirados na década de 80 e canções épicas, “Heart Attack” é a introdução perfeita à nova era da banda, ao mesmo tempo em que se encaixa perfeitamente em seu repertório; sua sonoridade é gótica e os vocais de Tom Smith, são imediatamente reconhecíveis. “‘Heart Attack’ é uma canção de obsessão, sobre perder-se em alguém, uma canção de amor, uma canção de amor mórbida”, diz Smith.

Para o vídeo, o Editors se uniu ao diretor pioneiro e artista visual Felix Geen, que usou tecnologia inovadora de IA (Inteligência Artificial) para criar uma vasta e sombria jornada psicodélica de um visual, como ele explica:

“Normalmente, quando estou fazendo um vídeo musical, tento me sintonizar com a música e encontrar o visual que mais faz sentido. Recentemente, tenho trabalhado com arte gerada pela IA (Inteligência Artificial) em meus vídeos. É uma tecnologia relativamente nova, mas seu desenvolvimento está acelerando o tempo todo. O potencial para que ela revolucione completamente o processo de criação visual ainda será vista num futuro próximo. Atualmente penso em trabalhar com a IA (Inteligência Artificial) como uma colaboração, com um autor louco que tomou LSD em excesso. É certamente bastante interessante ser levado em uma viagem psicodélica por um computador”.

Tendo colaborado anteriormente com o Editors, trazendo produção adicional para seu sexto álbum, Violence, Benjamin John Power junta-se a Smith, Justin Lockey, Elliott Williams, Russell Leetch e Ed Lay e inaugura outro capítulo ousado para uma banda que nunca parou de forma criativa. Falando em movimento, ele explica: “Trabalhando com a banda nos últimos cinco anos, juntar-se aos Editors parecia mais uma progressão natural do que uma decisão que tinha que ser tomada. Sabemos que trabalhamos bem juntos, estamos em uma página semelhante criativamente, e somos todos amigos muito próximos. Fazer parte de um ‘conglomerado criativo’ é algo que eu não experimentava há algum tempo, então fazer parte de algo que funciona dessa maneira novamente é tanto libertador quanto excitante na mesma medida”.

Uma banda que se recusou a ficar parada durante seus 17 anos de carreira, “Heart Attack” dá início à próxima era de uma das mais intrigantes e duradouras histórias de sucesso musical do Reino Unido. Todos os 6 álbuns de estúdio do Editors estão entre os 10 melhores da Grã-Bretanha, estando duas vezes no top 1 e sua estreia, The Back Room, sendo pré-selecionada para o Mercury Prize.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS