Como Ajudar
SUPERBANNER BONÉ RS

“Space Oddity”, de David Bowie, ganha nova versão com orquestra de stylophone

Redação 89

“Space Oddity”, de David Bowie, ganha nova versão com orquestra de stylophone imagem divulgação

O stylophone pode ser definido como um pequeno sintetizador. Esse instrumento musical, que poucos conhecem, foi inventado em 1967 pelo músico Brian Jarvis. O aparelho eletrônico apresenta um pequeno teclado de metal, que deve ser tocado com o auxílio de uma caneta especial chamada stylus. Ele foi utilizado em trabalhos musicais de Led Zeppelin, Kraftwerk e David Bowie, e mais recentemente a banda indie Little Boots também fez sucesso com esse aparelhinho retrô.

Feita essa explicação, vamos ao uso do stylophone neste final de 2019. É que na Universidade de Kingston, na Inglaterra, o produtor Tony Visconti, famoso por assinar o álbum homônimo de Bowie de 1969, encontrou nada mais nada menos do que uma Orquestra de Stylophone.

Daí, não deu outra! Propôs para o pessoal gravar uma nova versão para o clássico “Space Oddity”, que produziu para David Bowie, com a apoio da orquestra. A sessão, realizada no Visconti Studio do campus de Kingston Hill, revelou novas camadas eletrônicas para a música, 50 anos após seu lançamento original.

“Esta versão é um pouco como Alice no País das Maravilhas, caindo na toca do coelho e indo para a terra de Stylophone”, disse Tony ao site da universidade, acrescentando que os sintetizadores trabalharam para que os tons analógicos ressoassem de novas maneiras nessa icônica canção.

Utilize o player abaixo e curta uma versão muito especial de “Space Oddity”, de David Bowie:



COMPARTILHE