Sonia Abreu, primeira DJ mulher do Brasil, morre aos 68 anos

Redação 89

Sonia Abreu, primeira DJ mulher do Brasil, morre aos 68 anos imagem divulgação

Sonia Abreu, produtora musical conhecida como a primeira DJ do Brasil, morreu na tarde desta segunda-feira (26) aos 67 anos.

Ela teve uma fadiga respiratória causada pela esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa, num hospital de São Paulo, onde estava internada. A informação foi confirmada por Claudia Assef, amiga e autora da biografia “Ondas tropicais – Biografia da primeira DJ do Brasil: Sonia Abreu”, escrita com Alexandre de Melo.

Sonia trabalhou na programação da rádio Excelsior, onde lançou a famosa coleção de discos dos anos 70 A Máquina do Som, nos anos 1970. Depois, passou aqui pela 89 A Rádio Rock, Brasil 2000, Rádio USP e Rádio Globo.

O corpo será velado das 8h às 14h desta terça-feira (27), na Funeral Home, na Rua São Carlos do Pinhal, na Bela Vista, na capital paulista.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


COMPARTILHE