The Killers – Jornada rumo ao topo do mundo

Willian Maier

The Killers – Jornada rumo ao topo do mundo imagem divulgação

Por Claudio Dirani

No dia 22 de junho de 2013, Brandon Flowers e seus Matadores concluíram mais uma etapa em sua jornada rumo a um lugar que os Killers já experimentam aqui na Rádio Rock há algum tempo: O topo. Foi quando a banda de Las Vegas tocou pela primeira vez em um grande estádio – o consagrado tempo de londrino de Wembley – ratificando seu poder de fogo, e deixando para trás o estigma de “artistas com potencial”. Em poucas palavras, nomes como Coldplay e U2 vão ter de sacodir a poeira se não quiserem comer poeira no Rock/Pop.


Nº 1
Armado com apenas quatro álbuns de estúdio, o grupo não aterrizou em Wembley por acaso. Os quatro discos produzidos pelo The Killers – “Hot Fuss” (2004), “Sam’s Town” (2006), “Day& Age” (2008) e “Battle Born” (2012) – simplesmente varreram as paradas britânicas, com 4 primeiros lugares consecutivos na Terra da Rainha. Ironicamente, os americanos não causaram o mesmo impacto nos EUA. A ponto de serem até confundidos no início de carreira com uma banda inglesa…pronta para reconquistar o seu próprio país.

Fato é que os Killers já venderam mais de 18 milhões de álbuns no planeta, incluindo nessa lista “Sawdust” (2007) – com raridades e lados B – e o álbum ao vivo no Royal Albert Hall (2009).

Direct Hits

No final do ano passado, a coletânea “Direct Hits” chegou às lojas com duas faixas originais: “Shot At Night” e “Just Another Girl”. A primeira delas, se juntou ao grupo das mais pedidas da 89, como os já clássicos “Runaways”, “Miss Atomic Bomb”, “All These Things That I’ve Done” e “When We Were Young”.

O lançamento do álbum de hits deu pistas para o início de uma nova fase da banda. Empolgados com o sucesso de “Battle Born”, o baterista Ronnie Vanucci já garantiu à empresa inglesa (NME) que o quinto disco já “começou a sair da fase de pré-produção”. Na semana passada, a banda negou ter voltado ao estúdio. A duplicidade de informações só pode indicar que vem algo bom por ai…

Curiosidades

@ Em 2011, a banda deu um tempo para lançar trabalhos solo. “Flamingo”, de Brandon Flowers, também se deu bem, atingindo o primeiro lugar em vários países.

@ Os Killers já vieram três vezes ao Brasil. A primeira foi em outubro de 2007, com shows em Sâo Paulo, Rio de Janeiro e  Curitiba. A segunda foi em novembro de 2009, na Chácara do Jockey, para divulgar o álbum ao vivo, além das faixas do então novo LP, “Day & Age”.

@ A mais recente aparição da banda foi no Lollapalooza 2013, com um show que deixou até os fãs do Pearl Jam convencidos que os Killers vieram para detonar.



COMPARTILHE