Nós Mulheres, We Rock!

Redação 89

Nós Mulheres, We Rock! imagem divulgação

Hoje 26 de agosto, é o Dia Internacional da Igualdade Feminina! Desde os primórdios, onde a força física tinha um grande valor, a mulher era subordinada ao poder masculino, tendo basicamente a função de procriação, manutenção do lar e educação dos filhos.

Com o passar do tempo, criaram-se simpáticos instrumentos que dispensariam braços fortes e musculosos, mas ainda assim a mulher permaneceu numa posição de inferioridade em relação ao homem, sempre destinada a ser um adorno, entretenimento e rainha do lar, jamais seu semelhante.

Longos anos de protestos e inúmeras reivindicações resultaram em muitos avanços como a diminuição do preconceito e o reconhecimento da importância da mulher na sociedade, mas ainda há muito o que se defender, porque nós mulheres não nos contentamos em apenas votar. Queremos mais, muito mais.

Desejamos “altos cargos”, já que nosso poder de persuasão pode construir uma nação, desejamos cabelo e maquiagem feitos sem a necessidade de um convite para estampar a capa de alguma revista masculina, conquistas e mais conquistas…

E pelo talento e ousadia de muitas mulheres, o mercado do rock está cada vez mais aberto à inovações femininas, conheça algumas rockstars que quebraram paradigmas e fizeram história no mundo musical.

Janis Joplin

dw

Uma das maiores cantoras da música e do rock psicodélico internacional, Janis despontou no final da década de 1960 e até hoje é um dos maiores ícones femininos no mundo todo, além de ser considerada uma das “maiores” artistas que se apresentaram em Woodstock. Dentre seus maiores sucessos estão “Piece of my Heart“, “Cry Baby” e “Mercedes Benz“.

Debbie Harry

sdçl

A vocalista do Blondie, um dos maiores sucessos da década de 70 é também uma das figuras mais emblemáticas quando se fala em punk rock. Seu estilo é fonte de inspiração para fashionistas até hoje. A musa também é atriz e tem em seu currículo mais de 30 filmes e um namoro insano com Iggy Pop. Seus maiores sucessos são Rush RushHeart of Glass e Maria.

Joan Jett

ds

Ninguém pode questionar a importância de Joan Jett para a história do rock. Além de ser a fundadora da banda feminina  The Runaways, em 1975 (que terminou em 1979), é até hoje conhecida como uma das melhores guitarristas do mundo e compositora de um dos hits mais chicletes de todos os tempos: “I Love Rock n Roll”.

Courtney Love

d

Amada por uns, odiada por muitos, Courtney é extremamente polêmica. A ex-mulher de Kurt Cobain também é vocalista, compositora e guitarrista da banda Hole, fundada em 89. Seu estilo agressivo, conhecido como kinderwhore, contrasta entre vestidinhos lúdicos e batom vermelhão.

Alanis Morissette

hh

Atriz, cantora, compositora e produtora, já vendeu mais de 70 milhões de cópias em todo o mundo, é vencedora de 13 junos e 7 Grammys. Em 1996, quando Alanis recebeu o prêmio por Melhor Artista Revelação, em seu discurso ela disse: “De alguma forma, eu espero que premiações como estas sejam cada vez menos sobre competição e cada vez mais sobre o reconhecimento, a aceitação e a celebração de nossas diferenças artísticas. Espero que algum dia seja assim”.

 Rita Lee 

ritalee1

pode ser considerada a grande diva roqueira brasileira. Musa do rock nacional, inteligentíssima, sem papas na língua, com voz doce e inebriante, Rita enobrece os palcos sem demonstrar arrependimentos. Ela já rodou o mundo com os Mutantes, emplacou sucessos com o Tutti-Frutti e em carreira solo fez o que quis, afinal seu currículo fala por si mesmo.

 



COMPARTILHE