SUPERBANNER BONÉ RS

Spotify remove músicas de artistas russos que apoiam guerra na Ucrânia

Redação 89

Spotify remove músicas de artistas russos que apoiam guerra na Ucrânia Imagem: Haithem Ferdi (via Unsplash)

O Spotify deu início a um processo que consiste em remover os trabalhos de artistas russos que apoiam a guerra na Ucrânia de sua plataforma de streaming, segundo relatou nesta terça-feira (02) o HotPress.Com.

A empresa já havia fechado seu escritório em Moscou em 2022 em resposta à invasão da Ucrânia pela Rússia. Em março, após o governo de Vladimir Putin introduzir uma nova legislação que torna ilegal relatar qualquer evento que possa desacreditar suas forças armadas, a plataforma suspendeu seus serviços por lá.

Agora, o Spotify resolveu cancelar o catálogo em seu serviço de artistas que claramente dão apoio aos ataques russos em solo ucraniano. Entre os nomes populares que foram afetados e já não podem mais ser ouvidos no serviço de streaming está a Lyube. Segundo o The Times, essa é a banda de rock favorita do presidente Putin, cujas músicas são tocadas durante sessões de tortura de dissidentes.

“As regras da plataforma declaram claramente que tomamos medidas quando identificamos conteúdo que viola explicitamente nossas políticas de conteúdo ou leis locais”, diz um comunicado do Spotify. Embora a plataforma não tenha especificado quais conteúdos violaram suas políticas, alguns dos artistas afetados estão também sob sanções da União Europeia desde a invasão da Ucrânia, em 2022, por envolvimento em eventos de entretenimento para tropas russas.

 



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS