SUPERBANNER BONÉ RS

Guitarrista do Pearl Jam classifica Donald Trump de “artista performático”

Redação 89

Guitarrista do Pearl Jam classifica Donald Trump de “artista performático” Foto: Anderson Carvalho

A corrida presidencial nos Estados Unidos foi um dos tópicos que a NME abordou numa recente entrevista com Stone Gossard. O guitarrista do Pearl Jam foi questionado se acredita que Donald Trump tem chances de voltar ao poder.

Ele respondeu: “Acho que é possível. De certa forma, Trump é um artista performático e há pessoas que embarcam em sua performance porque isso lhes convém de certas maneiras. No final, espero que eles percebam que [essa eleição] é mais sério do que a arte performática” (via Blabbermouth).

Sobre as consequências de uma reeleição de Trump, comentou: “Eu sempre sinto que energias iguais e opostas se chocam umas com as outras e quando algo vai longe demais de um lado você libera outra energia que o levará de volta em uma direção diferente, mas você não sabe exatamente como isso vai acontecer. Eu ainda acho que isso vai fazer parte da equação, que se de alguma forma ele conseguir tudo o que ele quer, ele também vai ser recebido com alguma força que ele não está esperando e vai mudar isso para alguma outra direção. Acho que isso é o melhor que eu posso esperar”.

Sobre o governo que Joe Biden está entregando, Stone disse: “Não sou um especialista. Sou um analista de poltrona [carente de informações práticas]. Meu palpite é que, quando as pessoas olharem para trás, dirão que há algumas coisas que ele fez que não estavam sendo celebradas. Acho que há alguma sutileza no que ele está fazendo”.

Em abril, após lançar o álbum “Dark Matter”, o vocalista Eddie Vedder revelou ao Sunday Times que uma das principais faixas, “Wreckage”, falava sobre Trump. Na ocasião, disse: “Trump está desesperado. Acho que nunca houve um candidato mais desesperado para vencer, apenas para se manter fora da prisão e evitar a falência”.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS