SUPERBANNER BONÉ RS

“Solstício”: documentaristas nômades produzem curta-musical sobre noite mais longa do ano

Redação 89

“Solstício”: documentaristas nômades produzem curta-musical sobre noite mais longa do ano imagem divulgação

O Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS) recebe na noite de 20 de junho, às 19h, a estreia do curta-musical “Solstício”, uma criação do Couple of Things, duo de filmmakers e documentaristas nômades formado por Diana Boccara e Leo Longo, famosos pela série “A Volta ao Mundo em 80 Videoclipes”, que o site da 89 FM acompanhou capítulo a capítulo, entre 2015 e 2016.

Nessa nova produção, que conta com a narração da cantora paraense Dona Onete, eles contam a história de sonhos que cabem na noite mais longa do ano. A obra é formada por três videoclipes de músicas inéditas dos artistas amazônidas Raidol feat. Viviane Batidão, Karen Francis feat. Anna Suav e Iris da Selva feat. Mestre Lourival Igarapé. Filmado em Belém (PA), “Solstício” é um projeto cinematográfico colaborativo realizado de forma voluntária por todas as pessoas envolvidas.

“O curta-musical conta a história de um sonho narrado por Dona Onete: quando na noite de solstício – evento astronômico quando se tem o menor dia do ano e quando a noite tem maior duração – ela sonha que é a Lua. E lá de cima, naquela noite sem fim, ela dá luz a muitas histórias. É um sonho sobre vida, revoluções pessoais, conservação do meio-ambiente, presente e futuro”, diz Leo Longo, do duo Couple of Things.

“‘Solstício’ fala sobre sonhar e imaginar mundos possíveis e impossíveis, e, também, que a realidade que queremos depende, antes de qualquer coisa, da nossa imaginação. A própria forma como esse projeto foi viabilizado é também fruto de um sonho sobre processos mais humanizados, coletivos, e menos orientados monetariamente”, acrescenta Diana Boccara, do duo Couple of Things.

O curta-musical ‘Solstício’ foi totalmente filmado com o iPhone 15 Pro Max. Para realização e finalização, o duo Couple of Things decidiu usar apenas softwares e apps gratuitos, como o Blackmagic Camera para filmar e o DaVinci Resolve para finalização. Contribui na produção executiva do projeto o produtor cultural Marcelo Damaso, nome forte da cultura paraense e co-diretor do Festival Se Rasgum, e o estúdio Budokaos Records, localizado em Belém (PA). Já a Máindi contribui como agência de comunicação e assessoria de imprensa da iniciativa.

Após a exibição do filme será realizado um bate-papo do público com os diretores e os artistas Raidol, Karen Francis, Anna Suav e Iris da Selva – artistas gentilmente trazidos pela Secretaria de Estado de Turismo do Governo do Pará.

SERVIÇO:
Estreia – “Solstício”
Onde: Museu da Imagem e do Som (Av. Europa, 158 – Jardim Europa, São Paulo – SP)
Data/Hora: 20/Junho (quinta-feira), às 19h. A bilheteria para retirada de ingressos estará
disponível à partir das 18h.
Gratuito
Mais informações: https://mis-sp.org.br/evento/estreia-bate-papo-solsticio/



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS