Como Ajudar
Especial U2

Armada relembra horrores da ditadura militar no Brasil em novo single

Redação 89

Armada relembra horrores da ditadura militar no Brasil em novo single Foto: Rodrigo Braga

“Como explicar um pouco mais de vinte anos de ditadura militar para um gringo?”, indaga o vocalista da Armada, Henrike Baliú. “Como explicar em uma música punk rock de menos de três minutos, duas décadas de chumbo?”, segue ele. Foi com esse propósito, que a Armada lançou nesta sexta-feira (26) “Bullet Through The Heart”, o segundo single do álbum “Tales of Treason”, previsto para 13 de maio.

A missão de retratar o sentimento que pairava no ar no estado de exceção no Brasil, tem como pano de fundo a infância do vocalista. “Coloquei um pouco da minha história como criança, no final dos anos 1970, começo dos anos 80, já no final da ditadura, no Rio de Janeiro, onde nasci. Assim como da janela do quarto do apartamento da minha avó, o meu ponto de vista parte do Cristo Redentor. De lá, tentei sintetizar os horrores pelo qual o Brasil passou. É uma letra também sobre a perda da fé, algo muito pessoal para mim. Por isso adoro compor para a Armada, posso abrir minha alma e meu coração nas letras”, revela Henrike.

“Tales of Treason”, que diferente de “Bandeira Negra”, lançado em 2018, é inteiro cantado em inglês, será lançado em LP, nos EUA e na Europa, pelas gravadoras Pirates Press Records e Comandante Records. Já o selo TGR Sounds disponibilizará o álbum no Brasil em CD.

Quanto às expectativas para o lançamento do novo álbum, o vocalista se comede. “Gravamos o que gostamos, o que nos agrada, e se isso agradar outras pessoas também, ótimo. Armada é um escape para nossas ideias, uma mix das nossas muitas influências”.

Ouça “Bullet Through The Heart” no seu serviço de streaming favorito AQUI ou utilize o player abaixo:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS