Como Ajudar
SUPERBANNER BONÉ RS

Fabio Luma lança versão do clássico do folk blues “The House of The Rising Sun”

Redação 89

Fabio Luma lança versão do clássico do folk blues “The House of The Rising Sun” imagem divulgação

A Marã Música tem o prazer de anunciar o lançamento da faixa “Casa do Sol Raiar”, uma interpretação única e emocionante de “The House of the Rising Sun”, na voz do cantor e compositor Fabio Luma, disponível em todas as plataformas digitais.

Além de ser uma adaptação de um clássico da canção mundial, “Casa do Sol Raiar” é uma jornada emocional, onde Fabio Luma mergulha nas profundezas da música folk e blues, trazendo uma nova perspectiva para a obra original enquanto mantém sua essência. Inspirado por suas experiências pessoais e pelas paisagens do Mato Grosso do Sul, Fabio encontrou uma conexão profunda com a letra original de “The House of the Rising Sun”. Ele comenta: “A letra da faixa original é o lamento de um condenado à prisão, em Nova Orleans. Ele admite os erros e excessos que cometeu, mas relata um passado difícil de pobreza e problemas familiares. Eu senti nessa letra um paralelo muito forte com histórias que me comoveram quando vivi no Mato Grosso do Sul, na região da fronteira com a Bolívia e o Paraguai. Essa conexão me inspirou a escrever ‘Casa do Sol Raiar’, que narra a confissão de uma jovem arrependida por aceitar uma proposta suspeita, num momento de fragilidade.”

Desde a sua primeira gravação por Clarence “Tom” Ashley e Gwen Foster em 1930, “The House of the Rising Sun” foi reinterpretada por diversos artistas, incluindo Bob Dylan, Joan Baez, Nina Simone e The Animals, mas esta é a segunda adaptação que recebe para a língua portuguesa.

Ao descrever sua inspiração para a faixa, Fabio compartilha: “Sempre achei essa canção fascinante, porque abriga um contraste raro e precioso, entre a melancolia de um blues autêntico e um arranjo instrumental furioso e incendiário.”

Explorando temas de arrependimento, fragilidade e redenção, “Casa do Sol Raiar” transporta o ouvinte para um universo de emoções profundas e reflexões intensas. A voz cativante de Fabio Luma é complementada pelo arranjo de Gustavo Arthury, que eleva a experiência auditiva a novos patamares.

A faixa enriquece seu panorama sonoro com elementos brasileiros, incluindo o característico som da viola caipira, numa reverência ao Mato Grosso do Sul. Ao mesmo tempo, preserva a essência do folk e do blues que conferiram à música original sua imensa potência emocional. Além da viola caipira, Fabio Luma enaltece em sua letra as paisagens e vivências de Corumbá, o fascínio do Pantanal e a fluidez do Rio Paraguai, adicionando camadas de profundidade e autenticidade à narrativa musical.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS