Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Nerd aponta erros científicos na capa de “Dark Side of the Moon”, do Pink Floyd

Redação 89

Nerd aponta erros científicos na capa de “Dark Side of the Moon”, do Pink Floyd imagem divulgação

A capa do disco “Dark Side of the Moon”, de 1973, do Pink Floyd, é uma das mais conhecidas do mundo e se destaca também por ter revolucionado o trabalho das artes em capas de álbuns musicais.

Desenvolvida pelo grupo de design Hipgnosis em conjunto com o ilustrador George Hardie, a capa do oitavo trabalho de estúdio do Pink Floyd traz a representação da luz que entra no prisma e sai na forma de arco-íris, inspirada por uma fotografia encontrada em um livro de física de 1963.

Em recente vídeo publicado pelo canal do YouTube “Como É Bom Ser Nerd”, o fenômeno científico contido na arte do antológico disco foi devidamente analisado. “Essa é uma das capas mais clássicas da história da música. E ela está errada”, diz o apresentador nerd no início do vídeo. Ele inicia a explicação do fenômeno da dispersão – separação da luz branca em suas cores – representado na arte: “O segredo dessa separação está na forma como cada cor viaja dentro do prisma. Antes de entrar no prisma, todas as cores viajam juntas, no mesmo raio de luz branca”.

O apresentador continua: “Ao penetrar no prisma, cada cor viaja com sua própria velocidade, por um caminho diferente e se separam. Ao sair do prisma, essa separação fica ainda mais acentuada. Então, lá dentro do prisma, as cores já estão separadas. E esse é o primeiro erro da capa, que não mostra essa separação. O outro erro é que as cores não se separam em faixas bem-definidas. Elas formam uma transição suave. Começando pelo vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta”.

O vídeo foi publicado há cerca de um mês e tem mais de 300 mil visualizações. Nos mais de 800 comentários, alguns fãs da banda alegam que a arte do Pink Floyd é uma representação artística do fenômeno, ou seja, não precisa estar 100% correta do ponto de vista científico. E um dos comentários que mais recebeu curtidas na publicação do canal “Como é Bom Ser Nerd” disse apenas “Como é Bom Ser Roqueiro”.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS