Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

8 em cada 10 músicas no streaming raramente são ouvidas, diz relatório

Redação 89

8 em cada 10 músicas no streaming raramente são ouvidas, diz relatório Imagem via Pexels

A maioria dos artistas que estão disponíveis para serem ouvidos nos serviços de streaming foi tocada menos de 1.000 vezes durante todo o ano passado.

De acordo com o Relatório “2023 Year-End Report” da Luminate, 158 milhões de músicas, ou 86% do catálogo total nas plataformas digitais (medido usando ISRCs, ou International Standard Recording Codes), tiveram menos de 1.000 reproduções no ano passado. Isso significa que oito em cada 10 músicas no total não são transmitidas ou muito raramente ganham um play.

Isso acontece por causa das táticas predatórias da maioria dos provedores que popularizam certas faixas, deixando o resto na poeira. Mais artistas mainstream são tocados e sugeridos repetidamente pelos algoritmos, enquanto o restante simplesmente é ignorado.

O Spotify, por exemplo, não paga royalties em faixas que recebem menos de 1.000 reproduções em um ano. Ou seja, não paga a maioria dos artistas de sua plataforma. Na verdade, 24,8% de tudo o que está disponível no serviço supostamente teve zero reproduções, o que equivale a cerca de 45 milhões de faixas.

O streaming global de áudio sob demanda registrou crescimento de 22,3% em 2023, segundo a Luminate. Quando considerado áudio e vídeo, chegamos a marca recorde de 7,1 trilhões de plays, um crescimento de 33,7% em comparação com o ano anterior.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS