Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

“Mamonas Assassinas” registra maior estreia de filme brasileiro desde a pandemia

Redação 89

“Mamonas Assassinas” registra maior estreia de filme brasileiro desde a pandemia imagem divulgação

A cinebiografia da banda Mamonas Assassinas registrou a maior bilheteria no dia de estreia de um filme brasileiro desde 2020, segundo dados do Iboe/Rentrak.

“Mamonas Assassinas: O Filme” estreou em 1.054 salas e em 695 cinemas na última quinta-feira (28), o que faz do lançamento ser o maior desde a pandemia. Além disso, foi o terceiro maior nos últimos cinco anos.

O filme narra a história de cinco jovens que, com muito talento e esforço, conquistaram o sucesso e se tornaram ícones da música brasileira. O roteiro, assinado por Carlos Lombardi (conhecido por obras como “Quatro por Quatro”, “Quinto dos Infernos”), adiciona uma camada extra de profundidade à narrativa. Ruy Brissac brilha no papel de Dinho e o quinteto conta ainda com Beto Hinoto, interpretando seu tio Bento, guitarrista da banda; Rhener Freitas como o baterista Sérgio Reoli; Adriano Tunes no papel do baixista Samuel Reoli; e Robson Lima interpretando Júlio Rasec, responsável por teclado, percussão e vocais, na banda. Com um olhar autêntico, o longa utiliza figurinos originais e recria fielmente os cenários, refletindo o esforço e a dedicação dos membros da banda.

Filmado em Guarulhos, SP, o berço dos Mamonas Assassinas, o filme se inspira em biografias musicais de sucesso e se destaca pelo cuidado minucioso com mais de 1.000 peças de figurino. Além disso, houve uma atenção especial na regravação das músicas, preservando a essência dos hits que marcaram época, como “Pelados em Santos”, “Vira-Vira” e “Robocop Gay”.

#89FM #VivaORock #Rock #RockAndRoll #Música #RockNacional #MúsicaBrasileira #MPB #Cinema #MamonasAssassinas



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS