Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Diferença de poder de consumo é fator determinante dos hábitos culturais dos brasileiros, diz pesquisa

Redação 89

Diferença de poder de consumo é fator determinante dos hábitos culturais dos brasileiros, diz pesquisa Imagem via Unsplash

Mesmo fazendo mais atividades culturais em 2023, a diferença de poder de consumo é um fator determinante dos hábitos culturais dos brasileiros nas diferentes classes sociais. É o que revela uma pesquisa realizada pelo Itaú Cultural e o Datafolha.

No Brasil, esse tipo de consumo ocorre principalmente por meio de streaming: 82% ouviram músicas online e 74% consumiram séries e filmes pelas plataformas ao longo do ano. Mas os índices mudam quando focados no poder aquisitivo: 92% das classes A e B ouviram música e 89%, filmes e séries, enquanto nas classes D e E, a taxa cai para 70% e 45%, respectivamente. Enquanto 62% dos mais ricos leram livros digitais, apenas 22% das classes mais baixas consumiram essa mídia.

Questionados sobre o que os leva a ir para as ruas em busca de cultura, 28% dos entrevistados responderam que buscam convivência e interação. Em seguida, buscam distração e lazer, com 23%, e adquirir conhecimento, com 20%.

A pesquisa também investigou o que afasta as pessoas de atividades culturais presenciais. Insegurança e violência lideram as preocupações. As questões financeiras são apontadas como um problema por 19% dos entrevistados. Mas este número sub-representa as dificuldades que pessoas com menor poder aquisitivo enfrentam para consumir cultura, já que o consumo também envolve outros gastos como deslocamento e alimentação. Confira a pesquisa completa AQUI no site da Folha de S. Paulo.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS