Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Amor, dor, resiliência e afeto: novo álbum do Kilotones enaltece a resistência do povo brasileiro

Redação 89

Amor, dor, resiliência e afeto: novo álbum do Kilotones enaltece a resistência do povo brasileiro Foto: Nátaly Schiavon

Se perguntar a qualquer artista qual é o maior termômetro para saber se chegou a um lugar satisfatório com sua arte, a grande parte deles responderia que é a reação do público ao conferir a obra pronta, longe dos retoques dos estúdios. E é após uma temporada de shows aquecendo o público com o repertório apresentado em três EPs, que o Kilotones lança nesta sexta-feira (30) o aguardado álbum A Terra Brasilis Brasilerô, trabalho que aponta caminhos mais que interessantes na sonoridade indie rock brasileira.

“É uma satisfação de ter dado forma a um sentimento de amor, de resiliência, de dor, de afeto. Esta satisfação é individual, um pouco solitária, mas necessária. Agora, ver o público interagindo com suas criações, com sua arte, com seus sentimentos, é uma satisfação coletiva, de identificação, de troca. É um momento único também, mas compartilhado. Essa é a diferença entre os dois momentos, mas sendo bem objetivo, a satisfação, tanto com os lançamentos, quanto com a reação das pessoas com as músicas, aumentam a cada dia”, conta o guitarrista JP.

“Terra Brasilis”, faixa de abertura do álbum, traz a esperança como meta logo no primeiro verso: “Ainda que o sol não sair/ aqui dentro tem luz”. O sentimento reverbera por toda a reprodução do disco, que não trata essa espera como algo fugaz e descolado da realidade, mas serve como exaltação à tradição cultural e a resistência dos povos originários contra a dominação eurocêntrica sobre o Brasil. Inclusive a banda participou de atos contra o marco temporal.

Outra canção que é como uma exemplificação do trabalho de JP, AJ Barrionovo (baixista e vocalista), e Pedro Barrionovo (baterista e produtor) é “Brasilerô”, que aborda a riqueza cultural brasileira, mostrando a complexidade de protagonismo desta cultura que atravessa as relações sociais do país.

Dividido em três atos divulgados nos EPs anteriores (‘Terra Brasilis’, ‘Coragem’ e ‘Brasilerô’), o primeiro álbum dos irmãos Barrionovo, nascidos e criados em Ribeirão Preto, cidade do interior paulista, tem incentivo cultural do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura e Economia Criativa e PROAC.

O grupo retoma uma tradição que parece subestimada por uma geração de músicos que preferem encerrar uma canção em si mesma. Em “A Terra Brasilis Brasilerô”, o trio investe na coesão entre as faixas, fiando uma narrativa que conversa com as ambições de felicidade de um país e a busca por uma experimentação sonora singular da banda. O lançamento ganha reforço da faixa inédita “Plano Destino”, que completa a empreitada sonora dos irmãos;

Sem medo de misturar ingredientes em seu caldeirão de influências, o Kilotones consegue de forma exemplar juntar o gingado do pagodão baiano com música eletrônica, reggaeton e mangue beat. “Acredito que a palavra Rock transcende um estilo musical. O Rock como música, foi crescendo e se modificando tanto desde o início do século passado, que é difícil ter algum artista que não tenha um pouco das mais diferentes vertentes do Rock em sua música. Através do nosso sincretismo cultural único, fazer Rock no Brasil tem combinações infinitas. É isso que o Kilotones trouxe para o álbum ‘A TERRA BRASILIS BRASILERÔ’. É Rock, é Reggaeton, é Maracatu, é Guitarrada do Pará, é Samba-Rock, é música LATINO-BRASILEIRA. Por isso, o Rock no Brasil sempre apresentou, e sempre irá apresentar, muitos artistas incríveis para todas pessoas do mundo”, reflete Pedro.

O grupo se apresentou em turnê por todo o Estado de São Paulo e agora planeja expandir as linhas de seu horizonte de público tocando pelo Brasil. Experientes em tocar em festivais grandes como João Rock, Rock in Rio e Lollapalooza, os paulistas se preparam para levar o resultado do novo trabalho a mais pessoas. “Neste segundo semestre de 2023, fizemos a primeira tour do álbum. “A intenção agora, é aumentar a divulgação do álbum para todas as regiões do Brasil, para que em 2024 possamos levar o show de ‘A TERRA BRASILIS BRASILERÔ’ para todos os estados brasileiros”, conclui AJ.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS