Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Músicas do Bon Jovi são utilizadas para torturar presos na Rússia

Redação 89

Músicas do Bon Jovi são utilizadas para torturar presos na Rússia imagem divulgação

Kapotnya-7, uma das prisões mais rígidas da Rússia, está utilizando uma playlist de músicas para torturar os detentos todas as manhãs com som nas alturas em seus alto-falantes, de acordo com uma matéria publicada nesta terça-feira (28) pela revista Newsweek.

A denúncia foi feita pelo chefe do órgão de vigilância eleitoral da Rússia, Grigory Melkonyants, que está preso no local. Ele é o copresidente da Golos, uma entidade que defende eleições limpas em território russo.

O grupo compartilhou em sua conta no Telegram que Melkonyants vem sofrendo esse tipo de tortura com a repetição insana de uma lista de músicas que inclui várias faixas do Bon Jovi, incluindo “It’s My Life. Mas há também sucessos do DJ Moby, como “Why Does My Heart Feel So Bad?”, além do clássico “Thunderstruck”, do AC/DC.

“Essa playlist se repete dia após dia, mês após mês. Ela é ouvida todas as manhãs por milhares de russos que aguardam julgamento, incluindo presos políticos”, diz a organização sobre a sequência musical utilizada para enlouquecer os encarcerados.

Segundo a Newsweek, o centro de detenção Kapotnya-7, que está localizado a cerca de 11 quilômetros da capital Moscou, já recebeu presos políticos, artistas, figuras do crime organizado, líderes empresariais, terroristas e funcionários do governo acusados de cometer vários crimes.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS