Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Ouvir música é melhor do que tomar remédio para dormir

Redação 89

Ouvir música é melhor do que tomar remédio para dormir Imagem via Pexels

O sono é um dos pilares da saúde, incluindo a saúde mental. Cerca de 40% da população adulta pode ao longo da vida desenvolver algum problema de insônia e a há estimativas indicando que, somente nos Estados Unidos, 8% da população tomam medicamentos para dormir.

Jesse Koskey, do Departamento de Psiquiatria e Ciências Comportamentais da Universidade da Califórnia, em Davis, compartilha dicas de “higiene do sono” com seus pacientes a partir de análises de TCC-I, terapia cognitivo comportamental para insônia.

Interessado no poder da música na saúde do sono das pessoas, o pesquisador explica que mudanças comportamentais, e não a base de medicamentos, são a melhor forma para melhorar o descanso noturno. Em um artigo de revisão publicado no The Carlat Report, Koskey descobriu que ouvir música reduz a gravidade geral da insônia, melhora a qualidade de repouso durante a noite e ajuda a iniciar o processo do sono. O efeito foi comparável aos medicamentos prescritos para dormir, como os benzodiazepínicos e as famosas Z-drugs.

“A música é um tratamento de baixo custo, acessível e eficaz para a insônia. O único efeito colateral que encontrei foi que ela pode ficar presa em sua cabeça”, disse Koskey.

Playlists de músicas do sono em torno de 60 batimentos por minuto (bpm), como as encontradas nos serviços de streaming, tendem a apresentar melhores resultados de relaxamento para a indução ao sono. No entanto, se você não curte esse tipo de música, o plano pode não funcionar. Nos estudos analisados por Koskey, ele observou que você não precisa ouvir música lenta e etérea para ficar com sono.

“Muitos estudos incluem músicas clássicas ou relaxantes. Mas um deles mostrou que a música escolhida pelos participantes, incluindo videogame e pop rock, ajudou tanto quanto um álbum chamado ‘The Most Relaxing Classical Music'”, disse Koskey.

O pesquisador também descobriu que não há uma maneira de ouvir música quando você está tentando dormir. Fones de ouvido funcionaram tão bem quanto alto-falantes. Alguns dos participantes do estudo ouviram música por 30 a 60 minutos. Outros ouviram a noite toda. “A essência é que não há maneira errada de tentar a música como um sonífero. E é provável que ajude aqueles que têm problemas leves de sono”.

E aqui fica um recado: se você reservou tempo suficiente para dormir, colocou uma playlist de músicas que você gosta e mesmo assim seu sono não foi restaurador, você não deve tomar remédio. Você precisa buscar ajuda médica, ok?



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS