SUPERBANNER BONÉ RS

Pesta e Weedevil são atrações do Kool Metal Fest em São Paulo

Redação 89

Pesta e Weedevil são atrações do Kool Metal Fest em São Paulo imagem divulgação

O ‘mês das Bruxas’ terá um show a altura nesta edição do Kool Metal Fest, que acontecerá no dia 28 de outubro (sábado), no CCJ (Av. Dep. Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha, São Paulo), a partir das 14h. A Entrada é um quilo de alimento (não obrigatório!).

Num show temático que vai unir toda o clima poderoso, sombrio e intenso do doom/stoner metal brasileiro, vamos mergulhar fundo no som pesado, nas batidas densas e nas atmosferas enevoadas que estão incendiando o cenário nacional, com as bandas Pesta, Weedevil, Umbilichaos, Litrão, Espectro e Riff Coven. Mais informações AQUI.

A Pesta é uma banda de Stoner/Doom Metal formada na pulsante capital mineira de Belo Horizonte em 2014. Sua identidade visual e sonora é inconfundível, buscando criar uma experiência auditiva que seja densa e profundamente impactante. Flertando habilmente entre as nuances do Stoner Rock, do Doom Metal Clássico e a essência do Hard Rock dos anos setenta, a Pesta transcende as fronteiras sonoras dos gêneros musicais. São conhecidos como um dos nomes mais representativos da atualidade, se destacando por suas ótimas apresentações, e por sempre apresentar material de qualidade.

A pegada ritualística da Pesta, já é conhecida através das músicas de seus excelentes álbuns; “Faith Bathed in Blood” (2019), “Bring Out Your Dead” (2016) – além do EP “Here She Comes” (2015).

A formação da Pesta traz Thiago Cruz (vocal), Flávio Freitas (bateria), Anderson Vaca (baixo) e Marcos Resende (guitarra).

 

A Weedevil foi formada em 2019, em São Paulo, pelo baterista Flávio Cavichiolli (Forgotten Boys/Pinups), e de cara já chamou a atenção por seu som pesado, e seus temas macabros e ‘esfumaçados’.

Após o lançamento Do disco de estreia, “The Return”, em CD (Mutilations Records, Brasil) e em vinil (D.H.U. Records, Holanda), eles sofreram algumas baixas na formação, ficando apenas o seu fundador, Flávio. Esse disco traz cinco faixas poderosas, o que cravou de vez o nome da banda no cenário underground nacional (e mundial!).

Com a banda rapidamente restaurada, a formação atual conta, além de Flávio, com Dark Jordão (guitarra, Fuzzly, ½ Badvibe), Renan Casarin (guitarra, Mudness), Daiana Velona (baixo, Cult Of Enthroohy) e Mauren McGee (vocais, McGee & The Lost Hope).

Dessa formação saíram as novas músicas que fazem parte do split “Cult of Devil Sounds”. A banda está preparando material para o segundo álbum, que a considerar pelo histórico do Weedevil, não deve demorar para ver a luz.

Entre as apresentações que a banda tem realizado, não podemos deixar de citar os shows com a Pesta no Iglesia La Borratxeria, em junho de 2022; no festival Dopesmoke (Bahia) em novembro do mesmo ano; e em maio desse ano, como headliner da 5ª edição do Bruxa Fest. Recentemente eles fizeram um show bastante comentado no Festival Sinfonia de Cães, em São Paulo.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS