SUPERBANNER BONÉ RS

Medulla e Canto Cego celebram noite de rock no Mundo Pensante em SP

Redação 89

Medulla e Canto Cego celebram noite de rock no  Mundo Pensante em SP Foto: Maya Melchers

Dois expoentes do rock nacional se encontram em uma noite única no Bixiga. No dia 19 de outubro, quinta-feira, o Mundo Pensante recebe as bandas Medulla e Canto Cego com entrada gratuita até às 22h. Ingressos disponíveis AQUI.

Quem abre a noite é o Medulla, com uma essência sonora plural, o coletivo passeia com tranquilidade pelos mais diversos gêneros, criando uma identidade única. Formada pelos produtores e irmãos gêmeos Keops e Raony (vozes), além dos músicos Alex Vinicius (guitarra) e Tuti AC (baixo), com 17 anos de estrada, o Medulla construiu uma base de fãs muito engajada. Soma milhões de plays e visualizações nas plataformas de streaming e percorreu a maior parte dos festivais do Brasil, como João Rock, DoSol, SWU, entre outros, além de realizar turnês na Europa. Após um hiato de 2 anos, a banda retornou em 2022 com fôlego renovado. Durante a pausa, os números de streaming dispararam e a partir daí começaram os convites para se apresentarem em grandes festivais como o Primavera Sound 2022 e Lollapalooza 2023. Em março, a banda lançou “Fuder e Dormir Juntin”, o primeiro single de uma série de lançamentos programados para esse ano, e estão em estúdio gravando o próximo álbum, previsto para o início de 2024.

Já a expoente Canto Cego é a essência do rock somada à delicadeza da poesia. O grupo começou em 2010 seu processo criativo na Favela da Maré, no Rio de Janeiro, lugar que inspirou o nome e o discurso social de suas canções. Formada por Roberta Dittz (voz), Rodrigo Solidade (guitarra e efeitos), Ruth Rosa (bateria) e Magrão (baixo), a banda já subiu em palcos consagrados como Circo Voador e Imperator, ao lado de grandes nomes da música brasileira como Detonautas, Supercombo, Cordel do Fogo Encantado, Criolo e Fresno, além de apresentações no Montreux Jazz Festival 2015, na Suíça, onde realizaram uma pequena turnê.

A banda inaugurou sua discografia em 2016 com o disco “Valente”, contando com músicas autorais em parceria com inesquecível Marcelo Yuka. Em 2019, após lançar o segundo álbum “Karma” e passar pelo Rock in Rio 2019, o grupo também estreou na trilha sonora da novela “Malhação” com sua versão rock do samba “Zé do Caroço”, canção de Lecy Brandão, e na série “Rotas do Ódio” com a autoral “A Fúria”. Em 2023, a Canto Cego lançou seu novo álbum homônimo e comemorativo de 12 anos de jornada, sendo 10 com a mesma formação. Incentivado pela Fomento à Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro, o álbum inicia os trabalhos com turnê pelo SESC Pulsar, dentro do estado e agora chega na capital paulista.

“Canto cego é uma banda muito parceira do Rio de Janeiro, que enfrentou as mesmas lutas com a gente num cenário único do rock. A gente construiu uma linguagem junto desse rock periférico e estamos muito felizes de poder nos encontrar em São Paulo.” Comenta Keops sobre o encontro musical no Mundo Pensante.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS