SUPERBANNER BONÉ RS

Ghost revela que proibiu celulares em shows nos EUA para filmar “público de verdade”

Redação 89

Ghost revela que proibiu celulares em shows nos EUA para filmar “público de verdade” imagem divulgação

O Ghost fez duas apresentações no mês passado em São Paulo caracterizadas por uma estrutura de palco soberba de sua Re-Imperatour. Antes de pintar aqui no Brasil, a banda sueca havia causado polêmica ao proibir o uso de smartphones em duas apresentações no Kia Forum de Los Angeles, nos Estados Unidos. Em uma nova entrevista para a Metal Hammer, o líder e mentor do grupo, Tobias Forge, revelou que esses últimos shows da turnê pela América do Norte foram usados como parte do projeto de um futuro filme.

Forge diz que trabalhou muito para produzir um espetáculo no qual queria manter contato direto do começo ao fim com a plateia. “Nunca vi uma multidão interagir da mesma forma que interagiu desde que eu comecei a tocar. Aqueles foram os melhores shows que já fiz com o Ghost, muito porque não precisei ver aquelas p*rras de celulares”.

Forge diz que preparou uma equipe de cinema dentro da casa de shows para capturar “um público de verdade”. Ele completou: “Estávamos essencialmente gravando um filme e usamos nas duas noites a multidão como figurante… Vai ser um filme com um elemento de concerto. Então, muito do que vivemos [nos dois shows de LA] vai fazer parte desse projeto”.

Quando questionado se a produção cinematográfica do Ghost será semelhante ao filme “Through The Never”, do Metallica, que combinou imagens de concertos com uma trama fictícia, Forge respondeu de forma bastante enigmática: “É um show direcionado para uma outra coisa”.

Embora o cantor não tenha dado mais detalhes, tudo indica que o Ghost prepara um produto para cinemas que deverá impactar fortemente seu público e aqueles que insistem em filmar eventos ao vivo com seus celulares.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS