SUPERBANNER BONÉ RS

Massacration celebra maioridade do álbum “Gates of Metal Fried Chicken of Death”

Redação 89

Massacration celebra maioridade do álbum “Gates of Metal Fried Chicken of Death” Foto: Felipe Endrehano

A lei suprema do universo é o Metal e foi escrita pelos guerreiros do Massacration. O ano era 2005 e a música precisava de algo impactante. Os cinco músicos, abençoados pelo Deus Metal, forjaram a ferro, fogo e riffs avassaladores o álbum Gates of Metal Fried Chicken of Death, que neste mês de outubro está completando dezoito anos.

Os hinos metálicos conquistaram trilhões de fãs e foram copiados a exaustão por todos os artistas do mundo, tanto os que vieram antes quanto depois. Mas a maior banda de heavy metal do universo de todos os tempos sempre esteve acima de tudo, e segue no topo da fama mundial.

Com o disco, a banda sacramentou em disco os clássicos “Metal Massacre Attack (Aruê Aruô)”, “Metal Bucetation” e “Metal Milkshake”, lançados anteriormente em esquetes do programa Hermes & Renato, e ofereceu aos reais metaleiros outros hits como “Cereal Metal”, “Evil Papagali” e “Metal Is the Law”, que cruzaram as fronteiras intergalácticas com seus videoclipes cinematográficos.

Nesses anos, o Massacration lotou estádios, arenas e casas de bingos por todo o planeta, celebrando o poder da música e levando seus fãs para a terra prometida do Heavy Metal, a fantástica Metal Land. Lançaram o álbum Good Blood Headbanguers em 2009, o DVD ao vivo Live Metal Espancation, em 2017, além de diversos singles do mais puro heavy metal: “Metal Milf”, “Motormetal”, “Metal Galera” e o mais recente: “Metal is My Life”, cujo videoclipe tem quase um milhão de visualizações (AQUI).

O Massacration é atualmente formado por Detonator (vocal), Metal Avenger (guitarra), Headmaster (guitarra), Redhead Hammet (baixo e guitarra) e Jimmy The Hammer (bateria).

Ouça abaixo o álbum Gates of Metal Fried Chicken of Death:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS