Como Ajudar
SUPERBANNER BONÉ RS

Para Alice Cooper, somente Paul McCartney deveria ter autorização para usar IA na música

Redação 89

Para Alice Cooper, somente Paul McCartney deveria ter autorização para usar IA na música Foto: Camila Cara

O lendário Alice Cooper segue promovendo seu recém-lançado álbum Road e em uma nova entrevista ele debateu o uso da inteligência artificial (IA) na música. Falando ao Studio 10 da Austrália, o cantor comentou que a nova ferramenta pode ter um grande impacto negativo na música.

Para ele, somente artistas altamente capacitados deveriam utilizar desse novo recurso tecnológico, talvez, apenas um único. “Eu faria uma lei que a única pessoa autorizada a usar IA seria Paul McCartney”.

Cooper completa: “É contra a lei para qualquer outra pessoa, mas Paul McCartney, sim, você pode usar IA. Quem não quer ouvir uma nova música dos Beatles?”.

Ele se referiu ao anúncio feito em junho deste ano por Paul sobre uma demo dos Beatles que ele conseguiu finalizar com a ajuda da IA e que será lançada ainda em 2023 como o “último single do grupo”. Segundo a BBC, a música em questão é “Now And Then”, que ele recebeu da viúva de John Lennon, Yoko Ono, registrada em uma fita pouco antes de sua morte, em 1980.

Os membros remanescentes dos Beatles cogitaram lançar essa canção em sua série Anthology, em 1995, mas ela foi descartada por inúmeros problemas técnicos na captura do áudio. Naquela ocasião, eles refizeram “Free As A Bird” e “Real Love”, canções rotuladas como o primeiro “material novo” da banda em um quarto de século. A música que Paul diz ter concluído com auxílio de IA será, portanto, o primeiro “lançamento” dos Beatles em 28 anos.



COMPARTILHE