SUPERBANNER BONÉ RS

A incrível história do show do Smash Mouth no Brasil com abertura do Charlie Brown Jr

Redação 89

A incrível história do show do Smash Mouth no Brasil com abertura do Charlie Brown Jr Foto: Stephan Solon/Divulgação

O produtor Paulo Baron, empresário à frente da Top Link Music (especializada em shows de rock), foi entrevistado no final do ano passado pelo crítico musical Regis Tadeu e fez uma grande revelação sobre o Charlie Brown Jr: a banda se preparava para gravar um disco cantado em inglês pouco antes da morte de seu vocalista Chorão, em março de 2013. E o mais curioso é que esse projeto envolvia o Smash Mouth, banda que contava com Steve Harwell nos vocais, falecido nesta segunda-feira (04).

Em um corte da live do canal do jornalista (AQUI), Baron contou uma história incrível envolvendo o CBJR com a banda americana: “A única vez que o Smash Mouth veio para o Brasil fui eu que fiz essa turnê. O Chorão era muito, mas muito fã dos caras. E eles tocaram num festival aqui em Curitiba juntos e aí ele ficou me pedindo: ‘Baron, Baron, por favor, eu quero tocar no dia seguinte com eles’. Era um show na Via Funchal [em 20 de maio de 2012, em São Paulo]”.

Baron conta que o combinado era ele subir no palco e cantar algumas músicas com a banda, mas Chorão levou um caminhão com equipamento completo do Charlie Brown Jr. Depois de falar ao telefone com o cantor, chegaram a um acordo e o grupo abriu o show do Smash Mouth de graça, sem cobrar cachê. “Depois dessa história, o Chorão quis fazer um álbum em inglês”, comentou o produtor, revelando que a ideia da banda era registrar um material de estúdio tocando músicas de alguns artistas internacionais.

Regis pergunta para Baron por qual motivo não aconteceu e a resposta foi simples: “Porque [Chorão] morreu”. O produtor confirma a informação e emenda outra curiosidade: “Então, dois, três meses depois, eu estava na alfândega no Japão, na fila, e de repente eu vejo os caras do Smash Mouth do meu lado. Não acreditei! E aí, eles me perguntaram: ‘o Chorão, o que aconteceu? Ele não mandou mais nada sobre as músicas’. Eles, até então, não sabiam da morte do cantor.

Em nota publicada nesta tarde, Baron disse: “Hoje, o Steve Harwell e ele, o Chorão, se encontram em outros planos para continuar fazendo a música e essa admiração que possuíam mutuamente”.

No player abaixo, você tem a participação do Charlie Brown Jr no encerramento do show do Smash Mouth, em 2012, na via Funchal, com o hit “All Star”:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS