SUPERBANNER BONÉ RS

Tom DeLonge sugere que governo dos EUA acertou ao esconder informações sobre OVNIs

Redação 89

Tom DeLonge sugere que governo dos EUA acertou ao esconder informações sobre OVNIs imagem divulgação

Tom DeLonge, vocal do Blink-182, é um dos representantes do mundo da música mais empenhados na busca por vida alienígena. A sua To The Star Academy, organização de pesquisa sobre OVNIs (objetos voadores não identificados) e UPAs (fenômenos aéreos não identificados), vem colaborando desde 2019 com as forças armadas dos Estados Unidos na elucidação desses eventos.

Agora, DeLonge surpreendeu a todos ao admitir que o governo americano pode ter acertado ao reter informações sobre OVNIs. Isso ocorre depois que testemunhas e denunciantes, como o ex-oficial de inteligência David Grusch e os ex-pilotos da Marinha David Fravor e Ryan Graves, testemunharam no Congressos dos Estados Unidos sobre experiências envolvendo alienígenas.

Num primeiro momento, DeLonge, que teve seu trabalho de pesquisa citado por uma das testemunhas, elogiou a coragem dos oficiais, mas agora ele escreveu no X (antigo Twitter): “Eu sempre me perguntei se era mantido em silêncio não de nós, mas dos próprios Outros. E se não quiséssemos que eles soubessem que sabíamos o que estavam fazendo, e era um problema épico e assustador. Como o Projeto Manhattan [pesquisa e desenvolvimento das primeiras armas nucleares durante a Segunda Guerra Mundial], mantenha os planos em segredo a todo custo, então, quando estiver pronto…” (via NME).

Em outra postagem anterior, ele elogiou as pessoas no governo por “fazerem o melhor que podem” e disse que elas são moralmente fortes: “Alguns cometeram erros, trabalharam numa ambígua falta de fiscalização. Mas, o que cada um de nós faria se estivéssemos sobrecarregados com isso?”.

A To The Star Academy de DeLonge ganhou destaque na mídia global há 4 anos com o reconhecimento da Marinha dos Estados Unidos de que OVNIs mostrados em vídeos publicados pela organização são reais.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS