SUPERBANNER BONÉ RS

Supla e sua banda lançam “Punks de Boutique”

Redação 89

Supla e sua banda lançam “Punks de Boutique” Foto: Gui

Supla punk? Supla é Punk de Boutique! O cantor e compositor Supla lança o 18º álbum da carreira nesta sexta-feira 30 de junho nas plataformas de música. O sucessor de SuplaEgo (2020) ganha versão em vinil com um estiloso disco vermelho para deixar colecionador de queixo caído.

“Eu Não Sou Poeta”, single lançado em meados de abril, alcançou mais de 1,3 milhões de visualizações no Youtube. Gravado no Clube Atlético Paulistano, o cantor protagoniza um nerd que tenta conquistar uma estudante interpretada pela atriz e sua namorada, Nathalia Mastrobiso, provando que os punks também amam.

Os singles “Ratazana de IPhone”, “O Tempo Não Vai Curar” e “It’s Valentines Day”, lançados com videoclipes, também caíram no gosto dos fãs e seguem no mesmo caminho.

“Este álbum é praticamente um trabalho de banda de rock e totalmente urbano. Ele respira São Paulo porque foi concebido no centro da cidade. Ele é São Paulo”, diz o músico, considerado ícone da capital paulistana.

A banda Punks de Boutique foi criada durante a pandemia exatamente na Praça da República – onde Supla reside – para acompanhar o artista em seus programas no Youtube. A cada semana, ele recebia um convidado diferente e no fim do programa tocava suas músicas. Rapidamente surgiu o convite de uma marca para homenagear o movimento grunge. Com o resultado positivo, Ale Iafelice (bateria), Henrique Cabreira (guitarra) e Edu Hollywood (baixo) começaram a tocar o repertório de Supla e passaram a compor ao lado do loiro platinado.

O álbum traz 12 canções inéditas e a versão punk rock de “As It Was”, um cover de Harry Styles. “Um amigo me disse: regrave uma música que seja número 1 no mundo. Fiz uma roupagem punk rock e filmei o vídeo no estúdio captando o alto astral da banda”, revela o Champs.

Singles lançados

“O Tempo Não Vai Curar”: Power balada foi a primeira canção composta com os Punks de Boutique e soma 400 mil visualizações no Youtube (AQUI).

“Eles Querem Que Eu Seja Um Político”: Rock acelerado onde Supla expressa o que acha de se tornar um político após receber um convite para disputar eleição como deputado (AQUI).

“Supla Zombie”: No punk rock que abre o álbum Papito diz que muitas vezes se sente um zumbi na cidade que vive. No clipe, ele vai para as ruas do centro da cidade e expõe seu sentimento de amor e ódio pela metrópole (AQUI).

“As it Was”: Sucesso de Harry Styles, a música ganhou uma releitura punk rock na versão do músico e um clipe filmado no estúdio ao vivo captando o alto astral da banda (AQUI).

“Eu Não Sou Poeta”: Uma melodia e letra que se encaixam perfeitamente num rock forte de guitarras e batidas dançantes (AQUI).

“Ratazana de iPhone”: Letra retrata a gangue da bicicleta que age no centro de São Paulo roubando celulares de trabalhadores que circulam na região central da cidade. Com levada psycho billy, a música ganhou videoclipe gravado no local onde acontecem os furtos (AQUI).

“It’s Valentines Day”: Amor punk é tratado na música feita em homenagem ao Dia dos Namorados. Filmado em um pub no centro da cidade, o vídeo mostra momentos românticos de Supla com a namorada (AQUI).

Ouça na íntegra:



COMPARTILHE