SUPERBANNER BONÉ RS

Paul McCartney esclarece uso de inteligência artificial em nova música dos Beatles

Redação 89

Paul McCartney esclarece uso de inteligência artificial em nova música dos Beatles imagem divulgação

Paul McCartney utilizou sua conta no Twitter nesta quinta-feira (22) para esclarecer os comentários feitos da semana passada em uma entrevista para a BBC, onde indicou que a tecnologia de inteligência artificial (IA) foi utilizada para completar uma música “final” dos Beatles.

Paul escreveu: “Foi ótimo ver uma resposta tão empolgante ao nosso próximo projeto dos Beatles. Ninguém está mais animado do que nós para compartilhar algo com vocês no final do ano. Vimos algumas confusões e especulações sobre isso. Parece que há muito trabalho de adivinhação por aí. Não posso dizer muita coisa nesta fase, mas para ser claro, nada foi criado artificial ou sinteticamente. É tudo real e todos nós brincamos com isso. Limpamos algumas gravações existentes – um processo que se arrasta há anos”.

Assim como na entrevista à emissora britânica, Paul não revelou o nome da canção, que será lançada como o “último single dos Beatles”. Acredita-se que ele usou a nova tecnologia para finalizar “Now and Then”, música que recebeu em 1994 de Yoko Onu, viúva de John Lennon. O registro estava em uma fita gravada por Lennon pouco antes de sua morte, em 1980.

Os membros remanescentes da banda cogitaram lançar essa canção em sua série Anthology, em 1995, mas ela foi descartada por inúmeros problemas técnicos na captura do áudio. Naquela ocasião, os Beatles refizeram “Free As A Bird” e “Real Love”, canções rotuladas como o primeiro “material novo” da banda em um quarto de século. A música que Paul diz ter concluído com auxílio de IA será, portanto, o primeiro “lançamento” dos Beatles em 28 anos.

No início desta semana, o filho de Lennon, Sean, revelou em uma série de tuítes que está envolvido no processo de criação deste novo single e que a IA foi apenas uma das ferramentas utilizadas para resgatar o áudio original. “Tudo o que fizemos foi limpar o barulho da faixa vocal. As pessoas estão completamente equivocadas com o que ocorreu. Sempre houve maneiras de ‘diminuir o ruído’ de faixas, mas a IA só faz isso melhor porque aprende o que é o vocal e é capaz de remover com muita precisão tudo o que não é o vocal”.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS