Como Ajudar
SUPERBANNER BONÉ RS

Zombie Cookbook retorna ainda mais aterrorizante com single “Formless… Twisted… Shapeless”

Redação 89

Zombie Cookbook retorna ainda mais aterrorizante com single “Formless… Twisted… Shapeless” imagem divulgação

A Zombie Cookbook está de volta com seu novo single, “Formless… Twisted… Shapeless”, música que apresenta sua nova fase e antecede seu novo álbum.

A história contada em “Formless… Twisted… Shapeless” aborda a chegada de um ‘freak show’, que abala a tranquilidade de uma pequena cidade, especialmente os habitantes com crenças cristãs e hábitos mais conservadores. O confronto entre as crenças religiosas e a presença dos visitantes indesejados cria um clima tenso, levando à revolta dos populares locais, que consideram o evento uma blasfêmia. A letra visceral da música explora o medo, a intolerância e a disputa de valores.

Surgida em 2010, a Zombie Cookbook produz um som que a banda autointitula como ‘Dead Metal’, uma mistura entre Death Metal, Thrash Metal e alguns elementos de Heavy Metal, Grindcore e Splatter. Intitulado “Horroris Causa” (um trocadilho infame com Honoris Causa), o segundo full álbum da banda, será lançado em CD no segundo semestre de 2023 pela Black Hole Productions e em formato digital em todas as plataformas de streaming.

Sempre prezando por uma parte teatral e visual, tanto nos lançamentos como ao vivo a banda traz algo a mais para o espectador. Se você é fã de quadrinhos de terror como Contos da Cripta, Cripta do Terror, filmes clássicos de terror como Zombie, Night of the Living Dead, Braindead e busca uma experiência sinestésica auditiva e visual a Zombie Cookbook é a perfeita junção entre esses mundos.

Em seu primeiro lançamento, “Cinetrash” (uma homenagem aos grandes e toscos filmes de terror B) já causou um certo alvoroço pela mistura não tão comum entre Death, Thrash e Splatter, vocais guturais misturados com ‘gang vocals’ e ‘pitch shifters’, bateria brutal e riffs nervosos. Tudo isso cozinhado, mixado e masterizado por Felpe Lisciel em formato analógico. Sendo o debut da banda, foi lançado em vinil de 7″ através da gravadora norte-americana Fudgeworthy Records e em 2013 relançado em cassete pela brasileira Old Grindered Days.

Após o lançamento de Cinetrash e uma expansão no cenário underground do Death, Gore e Splatter a banda lança seu primeiro full, Outside The Grave (2012). Agora com duas guitarras e melhores arranjos a banda sobe um degrau em sua musicalidade, com uma produção mais rica, com letras ainda voltadas para o cinema de horror B. A mixagem e masterização ficaram a cargo de Felipe Lisciel. Lançado de maneira independente saiu nos formatos de CD e LP e contou com projetos culturais da cidade de Joinville (SC).

Saindo de Outside The Grave, a banda entra em uma nova fase, mais Death Metal, mas sem perder a essência do splatter e das podreiras de segunda classe do horror mundial. Então a banda lança dois splits em vinil de 7″. O primeiro, em 2014, com a banda Offal, lançado pela Black Hole Productions, contou com a mixagem e masterização de Damian Herring da banda Horrendous (EUA). O segundo, em 2016, com a banda Rancid Flesh, foi lançado pelas gravadoras Sonoros Records e Zuada Records, mixado e masterizado por Fabio Gorresen.

Depois de um período sabático, longe dos palcos e do estúdio, a banda volta com o lançamento independente de um EP digital, intitulado “Dead Metal”, que conta com duas músicas inéditas da banda. A produção ficou a cargo da banda, juntamente com Mendelson Madruga, produtor local.

Em 2022, a banda entrou em estúdio para a gravação do novo disco. A incessante busca por um som característico e pela evolução musical, tanto no processo criativo quanto produtivo do álbum, fez a banda sentir a necessidade de um novo ingrediente para a lapidação desse trabalho. Diante disso, a banda buscou o produtor Robert Pehrsson (Death Breath), do Studios Humbucker, em Estocolmo, que ficou encarregado da mixagem e masterização do disco. O resultado é o álbum “Horroris Causa”, que já criou alvoroço com seu primeiro single disponibilizado nas plataformas de streaming, “Formless… Twisted… Shapeless”.

A formação da Zombie Cookbook traz Clandestine (vocal), Dismembered (guitarra), Consumed (guitarra), Thombstoned (baixo) e Leprous (bateria).

Ainda em 2023, a banda estará na estrada para a divulgação de “Horroris Causa”. Nos próximos dias, serão divulgados mais detalhes sobre ele.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS