SUPERBANNER BONÉ RS

Coldplay: nova turnê está plantando uma árvore para cada ingresso vendido

Redação 89

Coldplay: nova turnê está plantando uma árvore para cada ingresso vendido imagem divulgação

Antes de iniciar a sua nova turnê mundial “Music of the Spheres”, o Coldplay anunciou que esse seria um giro mundial sustentável e que teria algumas metas a serem atingidas. Nesta sexta-feira (02), a banda anunciou em seu site oficial e redes sociais que o objetivo de reduzir a pegada de carbono em 50 % em relação aos dados de sua turnê de 2016/2017 foi quase atingido.

De acordo com o comunicado da banda, os shows dos últimos 12 meses produziram 47% menos emissões de CO2 do que foi registrado no mesmo período da turnê anterior. Além disso, o grupo diz que plantou cinco milhões de árvores até o momento, ou aproximadamente uma para cada um dos ingressos vendidos dessa nova turnê.

“Quando anunciamos pela primeira vez a Music Of The Spheres Tour, esperávamos torná-la o mais ambientalmente possível e reduzir nossas emissões diretas de carbono [da produção de shows, fretes, viagens da banda e equipe] em 50%”, diz o comunicado, informando que os dados foram avaliados e validados de forma independente pelo professor John E. Fernandez, da MIT Environmental Solutions Initiative (ESI).

O Coldplay diz que esse registro mostra que ainda há espaço para melhorias: “Agora que estamos no segundo ano da turnê, começamos a executar todo o show [áudio, luzes, lasers etc.] a partir de um sistema de bateria elétrica que nos permite usar 100% de energia renovável da forma mais eficiente possível. Temos usado veículos elétricos e combustíveis alternativos sempre que podemos, além de reduzir ao mínimo o desperdício e o uso de plástico”.

Confira os dados ambientais relacionados à turnê que foram compartilhados pelo grupo em Coldplay.Com/Emissions-Update:

— Os cinco milhões de árvores plantadas totalizam 5.000 hectares de terras restauradas em 17 países e 21 projetos de plantio.

– Uma embarcação movida a energia solar implantada em março de 2021 no rio Klang, na Malásia, com 158 toneladas de resíduos e 13 toneladas de plástico oceânico removidos desde o início da turnê.

— Uma taxa de retorno média de 86% para as bandas LED reutilizáveis à base de plantas.

– 15kWh de potência média por geração de show por meio de instalações solares, pistas de dança cinéticas e bicicletas elétricas, o que foi suficiente para alimentar as apresentações de palco satélite todas as noites e fornecer estações de carregamento de telefone, laptop e ferramentas para a tripulação.

— 66% de todos os resíduos turísticos desviados de aterros.

— 3.770 refeições e 73 kg de produtos de higiene pessoal doados de serviços turísticos para os desabrigados.

— Apoio financeiro a organizações ambientais, incluindo ClientEarth, The Ocean Cleanup, Climeworks, Sea Shepherd, Project Seagrass, Sustainable Food Trust, Cleaner Seas Group, Food Forest Project, Knowledge Pele, Conservation Collective, entre outros.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS