SUPERBANNER BONÉ RS

Shows do U2 em arena esférica de Las Vegas representarão “salto quântico” em apresentações ao vivo, diz The Edge

Redação 89

Shows do U2 em arena esférica de Las Vegas representarão “salto quântico” em apresentações ao vivo, diz The Edge imagem divulgação

O U2 anunciou nesta segunda-feira (24) os detalhes de sua nova turnê “U2: UV Achtung Baby Live At Sphere”, uma série especial de shows de 29 de setembro a 8 de outubro que inaugurará a MSG Sphere, a maior arena esférica do mundo com um sistema de áudio e vídeo de última geração. Toda a tecnologia embarcada nesse novo local de concertos ganhou elogios feitos pelo guitarrista The Edge, destacados pelo TwinCities.Com.

O músico falou sobre a possibilidade de o U2 entregar ao público uma nova experiência de concerto imersiva, já que o telão é 20 vezes maior do que o utilizado pelo grupo em 2019 na turnê “The Joshua Tree”, além de ser um ambiente acusticamente preparado. “Este é um local projetado para entretenimento, não esportes. Quando é esporte é uma fórmula simples. Você quer ver a ação. Mas quando se está projetando uma dessas arenas esportivas, ninguém pensa no som. Isso fica muito abaixo em sua lista de prioridades. Mas neste local não, o som foi uma das primeiras coisas em que eles pensaram”, explicou.

O enorme local esférico terá 17.500 lugares com uma capacidade escalável de quase 20.000 convidados. Juntamente com telas de LED de alta resolução que envolvem a metade do edifício, há ainda um sistema e áudio equipado com milhares de alto-falantes que fornecerão várias camadas de som para uma audição cristalina.

The Edge disse que o conceito do local, que busca entregar fidelidade de som, é uma ideia incrível que visa ajudar artistas como o U2 a capturar toda a essência de seu trabalho. “Os shows aqui oferecerão uma oportunidade de literalmente transportar as pessoas para algum outro espaço e tempo e abrir uma variedade de possibilidades criativas”, comentou.

Ele prosseguiu: “Há ainda uma intimidade radical onde você pode realmente entregar um vocal ou um arranjo musical simplesmente delicado. As pessoas serão capazes de ouvir perfeitamente. Considerando que, se você tentasse [fazer] isso em uma arena ou um estádio, seria simplesmente impossível.”

The Edge acredita que as apresentações da banda na MSG Sphere de Las Vegas podem representar um “salto quântico” em termos dos impactos sensoriais de um concerto ao vivo: “É uma tecnologia que nunca esteve disponível. Podemos literalmente em termos sonoros, mas também em termos visuais, fazer com que nosso público não esteja apenas olhando para o show, mas esteja no meio do show e com o som ao seu redor”.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS