SUPERBANNER BONÉ RS

Planta & Raiz lança coleção de baseados digitais

Redação 89

Planta & Raiz lança coleção de baseados digitais imagem divulgação

NFT é um dos assuntos mais comentados dentro das recentes criações tecnológicas que mudam o rumo da relação do ser-humano com os bens virtuais. Nem sempre compreendido, os ativos digitais podem gerar lucros e aproximar criadores e consumidores de uma forma inédita em se tratando de marca e seu valor. A banda de reggae Planta & Raiz está dando um grande passo em direção ao futuro da tecnologia ao lançar sua primeira coleção de tokens não fungíveis (NFTs).

A coleção, que contém 100 ativos virtuais exclusivos em formato 3D, marca a entrada da banda no mundo das criptomoedas e aprimora a relação entre criadores e consumidores de uma forma nunca antes vista. Com a exclusividade que esse tipo de tecnologia oferece, a banda disponibiliza uma coleção de 100 NFTs canábicos em formato 3D, possibilitando que a versão digital bolada pelo líder e vocalista da banda, Zeider, esteja com você de maneira absolutamente única. “Estar mergulhando de cabeça no Metaverso com nossa primeira coleção digital de NFT é demais, pensar que estamos vivendo o tempo em que essa revolução da internet está acontecendo é surreal, é a brincadeira mais séria que aconteceu com a gente, pois lançar uma coleção de baseados digitais, cada um de um jeito, nomear cada um, tem sido muito divertido, não vejo a hora de começar minha coleção. É o Planta no Metaverso!”, diz o vocalista.

Os games, a moda, esportes, e obviamente as finanças já exploram o potencial do ativo digital e o Planta & Raiz entra como um dos primeiros artistas musicais do país a estabelecer sua marca usando a tecnologia blockchain (suporte técnico da NFT). Não apenas o comprador adquire um item único e exclusivo como estará concorrendo a um ingresso para o Lollapalooza, poderá ganhar 10 itens colecionáveis físicos e direito a ouvir faixas inéditas da banda, entre outros benefícios. “As pessoas vão concorrer com outros compradores que possuem o NFT, e como só são 100 unidades ela vai concorrer com no máximo 100 pessoas, sendo que as chances dela aumentam se comprar mais de um. Futuramente ela vai receber acessos como músicas exclusivas, descontos a show e acessos diferenciados!”, explica Marcus Forster, artista 3D e desenvolvedor da coleção.

Apesar de alguns céticos considerarem NFTs como uma moda temporária, o mercado prevê uma injeção de US $1,7 trilhões à economia global com esse tipo de ativo. Planta & Raiz está ousando em apostar nessa tecnologia, mantendo seus valores como ideologia e participação ativa nos debates sobre o uso da cannabis. O grupo musical ousa em apostar, mas sem descaracterizar o que faz parte dos valores da banda, que é a ideologia força motriz do reggae, sempre ligada aos debates sem censura sobre o uso da cannabis. “O Planta vê o metaverso como um novo espaço para redefinir o reggae para a próxima geração e cultivar experiências compartilhadas que honrem o espírito de experimentação e maior conexão com a música”, diz Paula Gress, head de marketing do Planta e Raiz.

O projeto tem valoroso apoio da aLeda – The Original One e acabou de ser disponibilizado no Open Sea . Não perca a chance de ser um dos primeiros a possuir uma peça única da arte de Planta & Raiz no Metaverso. Acesse em https://opensea.io/collection/plantaeraiz.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS