Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Brian May revela que “We Will Rock You” é uma resposta aos fãs que precisavam cantar junto com a banda

Redação 89

Brian May revela que “We Will Rock You” é uma resposta aos fãs que precisavam cantar junto com a banda imagem divulgação

Brian May, guitarrista do Queen, revelou que no início de carreira da banda, ele e seus companheiros ficavam irritados quando o público cantava junto suas músicas nos shows. De acordo com ele, o clássico “We Will Rock You” foi criado somente quando eles perceberam que não poderiam lutar contra isso.

Em uma entrevista para a mais recente edição da Total Guitar, May discutiu a frustração que a banda tinha ao ver as pessoas cantando junto em seus shows: “Tínhamos um bom número de fãs e essa coisa em que as pessoas insistiam em cantar junto com nossas músicas. E a gente ficava bastante irritado com isso” (via Guitar.Com).

O guitarrista contou: “Nós pensávamos: ‘Pessoal, apenas ouçam. Estamos trabalhando muito duro, dano muito sangue, então ouçam!’ Mas eles eram imparáveis. Cantavam cada palavra de qualquer música”.

May explica que foi só depois que a banda percebeu que não poderia impedir os fãs de cantar junto que eles decidiram adotar uma abordagem mais otimista para a situação, e escreveram o que logo se tornaria uma de suas faixas de maior sucesso, “We Will Rock You”.

“Eu disse a Freddie [Mercury]: ‘talvez, em vez de lutar contra isso, devêssemos encorajá-los. Talvez devêssemos aproveitar esse tipo de energia que parece estar acontecendo. E se eles pudessem cantar? O que eles cantariam? E com isso, veio em minha cabeça: ‘Nós Vamos Sacudir Vocês”.

De acordo com May, “We Will Rock You” nasceu para ser não apenas cantada, mas tocada pelo público. “É por isso que não há bateria nela… Tudo visava envolver o público e de alguma forma. E isso funcionou”.

“We Will Rock You” foi lançada como uma das faixas do álbum News of the World de 1977 e se tonou um dos maiores clássicos do rock. Embora apresente um solo de guitarra em sua parte final, é considerada uma canção de formato à capela com percussão corporal rítmica.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS