Como Ajudar
SUPERBANNER BONÉ RS

Morre D.H. Peligro, baterista do Dead Kennedys

Redação 89

Morre D.H. Peligro, baterista do Dead Kennedys imagem divulgação

D.H. Peligro, baterista de longa data do Dead Kennedys, morreu nesta sexta-feira (28), aos 63 anos. A banda confirmou a notícia neste sábado (29) via Instagram. O comunicado diz: “O baterista dos Dead Kennedys, D.H. Peligro (Darren Henley), faleceu em sua casa em Los Angeles ontem, 28 de outubro. A polícia no local afirmou que ele morreu de trauma na cabeça causado por uma queda acidental. A apuração está pendente e detalhes serão anunciados nos próximos dias. Pedimos respeito a privacidade da família durante este momento difícil”.

O Dead Kennedys foi formado em junho de 1978 em São Francisco com o vocalista Jello Biafra, o guitarrista East Bay Ray, o baixista Klaus Flouride e o baterista Bruce “Ted” Slesinger. Depois de gravar suas primeiras demos, o grupo lançou seu álbum de estreia Fresh Fruit for Rotting Vegetables em 1980. Slesinger deixou a banda no ano seguinte para seguir uma carreira de arquitetura e D. H. Peligro entrou para substituí-lo na bateria. Rapidamente ele ajudou o Dead Kennedys a evoluir para um som punk hardcore mais consistente.

Após o término do Dead Kennedys em dezembro de 1986, Peligro se juntou brevemente ao Red Hot Chili Peppers em 1988. Ele se apresentou com o RHCP e contribuiu para o processo de composição de várias faixas em seu quarto álbum, Mother’s Milk. Peligro também é responsável por apresentar Kiedis e Flea ao então adolescente John Frusciante, que se juntou como seu novo guitarrista pouco depois. Em novembro do mesmo ano, Peligro foi substituído por Chad Smith.

Durante os últimos anos de sua carreira, Peligro se apresentou como músico de turnê e de estúdio. Antes disso, formou sua própria banda chamada Peligro, que lançou um álbum autointitulado, Welcome to America e Sum of Our Surroundings.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS