Como Ajudar
Especial U2

Mike Patton revela batalha contra álcool e transtornos mentais

Redação 89

Mike Patton revela batalha contra álcool e transtornos mentais imagem divulgação

Mike Patton, vocalista do Faith No More, revelou que iniciou uma severa luta contra o alcoolismo durante a pandemia de covid-19. Falando sobre seu papel no comando projeto de hardcore Dead Cross e seu próximo álbum, revelou ao The Guardian: “Este disco foi lapidado através de covid, câncer e alcoolismo”.

O câncer a que se referiu o cantor é a batalha do guitarrista Mike Crain contra um câncer de pele, um carcinoma celular escamoso. “Ele é o cara mais forte. Ele não é o cara que você acha que teria câncer. Mas ele teve, e muito disso entrou no disco de Dead Cross: muita dor estranha e medo. É difícil explicar, mas melhorou o disco”, comentou Patton.

Embora a pandemia tenha entregado uma pausa nos shows que ele precisava, Patton revelou ao jornal britânico que as coisas rapidamente ficaram muito nebulosas durante o confinamento e ele foi diagnosticado com agorafobia, um forte transtorno de ansiedade, no qual a pessoa passa a ter um medo desproporcional de certas situações, como andar de carro ou ir ao supermercado.

Ele disse: “Minha resposta inicial à pandemia foi: ‘Eu amo essa merda!’ Isso me permitiu ser cara antissocial… Então algo mudou – e não para melhor. Eu estava muito isolado, ir lá fora foi uma coisa difícil… E a ideia de fazer mais shows do Faith No More foi estressante. Isso me afetou mentalmente. Não sei por que, mas a bebida… aconteceu”.

O cantor acrescentou que agora está sóbrio “há um tempo” e “indo muito bem”. Sobre o Faith No More, não há planos para remarcar seus shows cancelados. No entanto, ele está voltando aos palcos em dezembro, vai passar aqui pelo Brasil na Knotfest com seu outro projeto, o Mr. Bungle e afirma que está animado para voltar à estrada, “mas também tenho medo”, diz ele. De quê? “Eu tenho medo de mim mesmo”.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS