Como Ajudar
Especial U2

Planet Hemp lança seu primeiro álbum de inéditas em 22 anos

Redação 89

Planet Hemp lança seu primeiro álbum de inéditas em 22 anos Foto: Fernando Schlaepfer

O Planet Hemp está de volta com um novo trabalho de inéditas 22 anos depois de A Invasão do Sagaz Homem Fumaça, de 2000. O disco novo leva o nome de Jardineiros e traz a mesma pegada da banda de duas décadas atrás, com sua ideologia acesa.

A tradicional fusão de elementos do rap, hip-hop e rock and roll é muito bem trabalhada na parceria de Marcelo D2 e BNegão nas novas 15 faixas que entregam para os fãs.

Esse retorno veio em um momento político conturbado do país, que parecia pedir para que o Planet Hemp registrasse um novo trabalho. Ele chegou e apresenta-se totalmente maduro, muito por conta da bagagem que seus integrantes acumularam ao longo dos anos. Fica claro que os caras se reuniram para criar um álbum que fosse realmente da banda, com características somente do Planet Hemp e, por conta disso, deixaram interesses pessoais de lado.

Jardineiros traz em sua abertura um registro de 9 segundos de Marcelo Yuka, saudoso fundador de O Rappa, que diz: “quando o instrumento do medo não funciona, a gente adquire um poder inimaginável”. Esse recado serve como combustível para as faixas que se seguem com abordagens de consciência social, psicodelia e celebração da história do grupo. Além disso, participações especiais de Black Alien, Criolo, Tropkillaz e Tantão e Os Fita mostram que o grupo mantém uma conexão ampla com a atual produção musical nacional e está preparado para falar com a nova geração.

O disco novo do Planet Hemp manda seu recado em menos de 40 minutos de duração. Ouça na íntegra:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS