Como Ajudar
Especial U2

Ouça: Soundwalk Collective e Patti Smith lançam “Song of The Highwest Tower”

Redação 89

Ouça: Soundwalk Collective e Patti Smith lançam “Song of The Highwest Tower” imagem divulgação

Com sua performance única ao vivo no Centre Pompidou em Paris, que acontece neste sábado, 22 de outubro, Soundwalk Collective e Patti Smith acabam de compartilhar o fascinante “retrabalho” da faixa “Song Of The Highest Tower” da aclamada artista eletrônica Kaitlyn Aurelia Smith.

Trata-se da segunda faixa a ser compartilhada a partir do lançamento do deluxe box set, The Perfect Vision no dia 25 de novembro via Bella Union, que veio na sequência da impressionante versão de Jim Jarmusch para “Eternity”. Ambas as faixas estão inclusas no álbum de remixes que vem com box set junto com os três álbuns aclamados – The Peyote Dance, Mummer Love e Peradam – que compõem The Perfect Vision.

Entre 2019 e 2021, Soundwalk Collective e Patti Smith colaboraram na criação de The Perfect Vision: um tríptico de álbuns que se inspirou nos escritos de três poetas franceses emblemáticos: Antonin Artaud, Arthur Rimbaud e René Daumal. O centro da obra foi a necessidade dos poetas de viajar a diferentes terras para adquirir uma nova visão e perspectiva sobre si mesmos e sobre sua arte. Gravados na Serra Tarahumara do México (The Peyote Dance), no vale abissínio da Etiópia (Mummer Love), e na Cúpula Himalaia da Índia (Peradam), respectivamente, cada álbum remonta os passos dos poetas, canalizados através de paisagens sonoras gravadas in loco, em busca de sons ocultos, terrestres, que guardam a existência embutida, com Patti Smith revisitando as palavras dos poetas que foram inspiradas pelas paisagens. O resultado é uma montagem sonora e visual que percorre as obras de Rimbaud, Artaud e Daumal em sua viagem para outro lugar.

Estimulada por estas viagens metafísicas, a composição musical e sonora de The Perfect Vision é o ponto de partida para uma nova exposição local específica e multidisciplinar – “Evidence” – que o Soundwalk Collective e Patti Smith conceberam para o Centro Pompidou. Evidence é uma busca poética e imersiva, uma composição a um mundo sem fronteiras, uma reflexão contemporânea sobre o infinito e o universal, uma busca espiritual da unicidade como presença viva e vivificante. As jornadas físicas, sonoras e visuais do Soundwalk Collective entram em uma conversa com as trajetórias poéticas de Patti Smith, para criar uma nova visão e linguagem. O espaço de exposição apresenta som, filme, imagens abstratas, objetos e arte encontrada coletada de suas viagens, levando o visitante a uma grande instalação investigativa que justapõe fotografia, texto e arte original de Patti Smith, tanto de suas coleções pessoais quanto das do Musée national d’art moderne e MoMA, como uma evidência da existência desses poetas e sua inspiração, oferecendo uma verdadeira imersão em seu pensamento e arte.

A exposição abre no dia 22 de outubro e na mesma noite o Soundwalk Collective e Patti Smith fará uma apresentação especial única ao vivo na Grand Salle do Pompidou Centre. Mais informações sobre a exposição e o show podem ser encontradas através do comunicado de imprensa oficial do Centro Pompidou, que pode ser lido AQUI.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS