Como Ajudar
Especial U2

Billy Sheehan revela que não veio ao Brasil com Sons Of Apollo por que não está vacinado contra covid-19

Redação 89

Billy Sheehan revela que não veio ao Brasil com Sons Of Apollo por que não está vacinado contra covid-19 imagem divulgação

O lendário baixista Billy Sheehan confirmou que não pôde se juntar a seus companheiros de Sons Of Apollo em sua turnê sul-americana em agosto devido ao fato de que ele não está vacinado contra o covid-19.  Sheehan, que foi substituído nas apresentações por Felipe Andreoli do Angra, falou sobre sua ausência durante uma participação no programa”Trunk Nation With Eddie Trunk”, da SiriusXM.

Questionado por que não pôde tocar nos shows sul-americanos, o baixista de 69 anos respondeu (via Blabbermouth.Net): “Era algo sobre vacina. Eu não tinha comprovante, e precisava de um… Há uma situação na minha família, e eu prefiro não entrar nisso, se você não se importa. Mas fui aconselhado a evitar este procedimento em particular. Foi uma decisão difícil, e eu gostaria de ter tocado com eles. Mas é um mundo selvagem, com certeza, lá fora agora.”

Ele continuou: “Quando aconteceu, postei algumas fotos minhas sendo vacinado na Alemanha antes de irmos para a Índia [em 2009] com o Mr. Big. Eu fui obrigado a tomar [vacinas para] cólera, febre amarela e outra coisa. Eu não sou contra vacinas, mas esta em particular desencadeia uma síndrome que afeta minha família, e eu fui aconselhado nesse sentido… Fiquei dentro de casa. Eu usava a máscara o tempo todo. Segui as regras o melhor que pude, fiquei longe das pessoas e faço o meu melhor para garantir a saúde das pessoas ao meu redor. Mas é assim que funciona. E respeito a decisão de todos de fazer o que fazem. E eu acho que agora, com o passar do tempo, estamos vendo que alguns dos protocolos que foram aplicados não sendo absolutamente necessários… Fico feliz em ver que superamos isso, pelo bem da saúde de todos, e pelo bem da saúde mental de todos também, porque tem sido difícil”.

A Blabbermouth diz que Sheehan é um seguidor da Cientologia, que é uma religião que se posiciona contra os efeitos de produtos químicos no organismo humano, e ressaltou em sua matéria um comunicado do Medical News Today, indicando que há poucas razões médicas para um cidadão não tomar uma vacina contra a covid-19. “As pessoas que consideram não tomar uma vacina contra a covid-19 se preocupam com complicações e efeitos colaterais. No entanto, para quase todos os indivíduos, os riscos conhecidos de se infectar com a covid-19 superam em muito os riscos potenciais da vacina”, dizem os especialistas.

De acordo com a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, o comprovante de vacina é necessário para a maioria dos viajantes com destino ao país (AQUI).



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS