Como Ajudar
Especial U2

White Lung anuncia novo álbum e disponibiliza dois singles; veja os clipes

Redação 89

White Lung anuncia novo álbum e disponibiliza dois singles; veja os clipes imagem divulgação

White Lung acaba de anunciar seu quinto álbum de estúdio, o caótico e ousado Premonition, que chega em 2 de dezembro via Domino. É um turbilhão de bateria, guitarra e versos sobre maternidade, gravidez e crescimento. Os temas são mais profundos. A interação entre o guitarrista Kenneth William e a baterista Anne-Marie Vassiliou é mais complexa, o som mais coeso. Durante um hiato não intencional de cinco anos, White Lung conseguiu crescer sem perder a compostura, e o trio emergiu de seu período de transformação com energia bruta e selvagem.

Quando os membros se reuniram em sua cidade natal de Vancouver, no Canadá, em 2017 para começar a trabalhar com o produtor de longa data Jesse Gander em seu quinto disco, eles não tinham ideia de que tipo de mudanças estavam reservadas para o grupo. A vocalista Mish Barber-Way estava no estúdio se preparando para gravar os vocais – quando percebeu que estava grávida de seu primeiro filho. Seguiu-se uma pandemia, depois outro bebê, depois a série de colapsos sociais que todos chamamos de “tudo o que está acontecendo”.

Mas é preciso um excelente senso de equilíbrio para viver a vida no limite, onde mesmo um pequeno passo em falso pode levá-lo ao esquecimento. E ao longo da década anterior – em clássicos como Deep Fantasy de 2014 (votado na lista dos “40 maiores álbuns de punk de todos os tempos” da Rolling Stone) e a declaração de 2016, ParadiseWhite Lung misturava o live-fast-die-young rock ‘n’ roll e punk em uma mistura que os impulsionou nos corações dos fãs de música, com a sensação de que a coisa toda pode pegar fogo a qualquer momento. A banda se adaptou ao inesperado, manteve-se unida e acabou criando o álbum mais poderoso de sua carreira.

Na faixa de destaque de Premonition, “Date Night”, Mish imagina Deus como um bad boy niilista dirigindo bêbado por uma Los Angeles em chamas no caminho para fora da cidade, e entre os riffs de Kenneth e a potência de Anne-Marie, soa exatamente o que você quer tocar enquanto você incendeia sua antiga vida e pega a estrada.

“Senti que essa parte da minha vida estava expirando, então estava projetando esses sentimentos de raiva e medo na cidade de Los Angeles porque é seguro e confortável viver com raiva em vez de ser auto-reflexiva.” Mish revela.

“Tomorrow” – uma das músicas mais sofisticadas do catálogo da banda – equilibra a catarse emocional, agressão e melodia viciante. Mish comenta: “‘Tomorrow’ é a música que escrevi quando descobri que estava grávida. Havia um entendimento de que a vida seria diferente para sempre e fiquei aliviada ao receber essa mudança.”

Assista “Date Night” e “Tomorrow”, os dois novos clipes de White Lung dirigidos pelo colaborador de longa data, amigo e artista visual Justin Gradin.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS