Como Ajudar
SUPERBANNER BONÉ RS

Daniel Johns diz que não consegue mais tocar músicas e quer distância de ex-companheiros de Silverchair

Redação 89

Daniel Johns diz que não consegue mais tocar músicas e quer distância de ex-companheiros de Silverchair imagem divulgação

Daniel Johns, ex-vocalista do Silverchair, falou abertamente sobre o acidente de carro em que se envolveu no início deste ano (AQUI), que o fez se internar numa clínica de reabilitação para tentar se ver livre do vício em álcool. Falando para o programa australiano The Project (via NME), Johns comentou que ficou chocado ao ter provocado uma colisão entre seu carro e um outro veículo numa rodovia, mas aliviado por ninguém ter ficado ferido. “Eu fiquei grato, porque se alguém tivesse se machucado, acho que provavelmente eu teria me matado”, revelou.

Sobre a reabilitação, o cantor esclareceu que não procurou ajuda necessariamente por conta do álcool, mas porque notou que sua sanidade estava se deteriorando no meio de um colapso nervoso que o atingiu enquanto produzia o disco FutureNever. “Entendi que precisava de ajuda, meu cérebro estava louco. Tipo, eu não poderia dizer o que era real… Eu não podia nem ouvir música corretamente. Para mim a música é a verdade, então se eu não podia ouvir música corretamente, se eu não podia ouvir o som com precisão, eu tinha perdido a minha bússola do que é real”. Johns continua: “Eu não escrevi uma nota de música desde que voltei, e eu não sei se isso é um prego no caixão… Eu não sei o que é isso, mas neste momento eu não posso nem tocar música, porque tenho muito medo que tudo comece de novo.”

No mês passado, o cantor revelou que no processo de fazer FutureNever, tentou se reconectar com Ben Gillies, ex-baterista do Silverchair, e o com o baixista da banda Chris Joannou, convidando-os a se apresentarem em uma música para seu novo disco. Eles rejeitaram a oferta, no entanto, de acordo com Johns, seria improvável que apoiassem seu projeto solo por causa de sua “amargura e ciúme”. Johns diz: “Um dos caras em particular tinha se entusiasmado em me chutar enquanto eu estava mal indo para a reabilitação, chegando a dizer que eu estava explorando a saúde mental para vender discos, ou algo nesse sentido. Cara, se isso é explorar a saúde mental para vender discos, então é o plano de marketing mais genial de todos os tempos, porque tenho feito isso desde os 17 anos”.

Quando questionado se ele gostaria de se relacionar agora com seus ex-colegas de Silverchair, Johns disse sem rodeios: “No momento, não. Eles não me mostraram nenhum respeito… Eu e Chris temos uma relação muito passiva… Mas Ben, por alguma razão, tem um problema real comigo por eu ser um cara bem-sucedido sem ele, e isso é triste, porque eu honestamente desejo a ele tudo de bom”.

A entrevista de Daniel Johns ao The Project visou promover uma recém-lançada exposição de arte interativa intitulada Past, Present & FutureNever, que fez sua estreia em Melbourne na semana passada. A mostra narra a carreira do cantor desde seu início com o Silverchair, por volta de 1992, até o lançamento de seu novo álbum em abril deste ano (AQUI).



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS