Como Ajudar
Especial U2

Roger O’Donnell, do The Cure, prepara sua primeira trilha sonora

Redação 89

Roger O’Donnell, do The Cure, prepara sua primeira trilha sonora imagem divulgação

Roger O’Donnell, tecladista do The Cure, revelou que está trabalhando em sua primeira trilha sonora. Manifestando no Twitter nesta segunda-feira (22), o músico disse que tinha acabado de entregar 27 sugestões para o que seria sua primeira trilha no cinema.

“Isso é muito emocionante e vou compartilhar os detalhes quando puder. Que experiência”, escreveu O’Donnell. Questionado por um fã sobre qual filme é o seu trabalho, disse que não estava autorizado a revelar.

Enquanto o tecladista revela seu trabalho com o cinema, os fãs do The Cure vivem a expectativa sobre o anúncio de um novo álbum da banda. Em maio, o vocalista Robert Smith fez uma atualização sobre a produção de um novo álbum de estúdio. Falando para a NME, Smith disse que tem disco novo chegando antes de sua próxima turnê europeia. “Vamos tocar a partir de outubro e o novo álbum terá sido lançado antes disso”, garantiu.

O líder do The Cure comentou a demora no lançamento: “Vai valer a pena a espera. Acho que foi a melhor coisa que fizemos. Eu não estou dando uma de Oasis quando eu digo que, ‘é o álbum mais foda”. Muitas das músicas são difíceis de cantar, e é por isso que demorou um pouco”.Em março, Robert Smith tinha deixado escapar numa entrevista que o disco novo se chama Songs Of The Lost World., será o primeiro de dois álbuns que o grupo pretende colocar no mercado. Sobre o que os fãs podem esperar, ele afirmou: “Bem, o primeiro álbum do Cure é uma implacável desgraça e tristeza. É a coisa mais triste que já fizemos. O segundo é otimista”.

Em junho do ano passado, Smith abordou detalhes do próximo álbum do The Cure em uma entrevista ao The Sunday Times. De acordo com ele, esse novo trabalho também poderá representar o último do grupo. “A nova coisa do Cure é muito emocional”, disse Smith, acrescentando: “São 10 anos de vida destilados em algumas horas de coisas intensas. E eu não posso pensar que nunca vamos fazer qualquer outra coisa. Eu definitivamente não posso fazer isso de novo”, analisou. O lendário grupo britânico não coloca no mercado um álbum há mais de uma década, o mais recente é 4:13 Dream, de 2008.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS