In-Edit libera transmissão do documentário “A Heavy Metal Civilization”

Redação 89

In-Edit libera transmissão do documentário “A Heavy Metal Civilization” imagem divulgação

A In-Edit Brasil fez um acordo colaborativo com a Connecting the Dots e o projeto cultural “Come to Latin America” para liberar a transmissão gratuita em sua plataforma do documentário A Heavy Metal Civilization, dirigido pela fino-brasileira Maila-Kaarina Rantanen e a jornalista/fotógrafa brasileira Cristina Ornellas.

A In-Edit Brasil é o maior festival de documentários musicais do Brasil e em suas últimas duas edições, abriu espaço para o Heavy Metal e também para a Finlândia. Em sua 14ª edição de 2022, o In-Edit Brasil e o concurso cultural Come To Latin America se unem para para evidenciar ainda mais o forte impacto do Heavy Metal em sua cultura transmitindo A Heavy Metal Civilization.

Marcelo Aliche, Diretor Artístico do In-Edit Brasil é um dos juízes do concurso cultural Come To Latin America. Aílton Santos, CEO da Nokia Brasil é músico, matemático por formação e apontado como padrinho da campanha.
Marcelo Aliche comentou a parceria: “É sempre bom poder abrir portas em conjunto e a relação do In-Edit Brasil com o Come To Latin America vem nesta direção. Por um lado o festival de cinema dá espaço para que filmes como A Heavy Metal Civilization explique a importância do gênero na Finlândia e ajuda na divulgação da iniciativa e por outro o festival ganha projeção internacional.”

A empresária Niina Fu, idealizadora do projeto, teve inspiração ao residir nos países Chile e Brasil e comparar as similaridades entre o países latino-americanos e a Finlândia: “Apesar da distância e diferenças culturais, existe uma cena metal muito forte e profunda em ambos os países. Isso me chamou muito a atenção e é por isso que tive a ideia de desenvolver este projeto”.

Ela acrescenta que sua motivação é ampliar o impacto da cultura na sociedade moderna: “Acredito que atualmente o mundo é medido demais por conquistas e por indicadores financeiros. Ao estudar Administração de Empresas na Getúlio Vargas em São Paulo, Brasil, entendi que precisamos ampliar o espaço da cultura. O heavy metal é o presente da Finlândia para o grande e diversificado acervo cultural do Brasil, com o objetivo de aumentar a participação no cotidiano das pessoas deste lindo país”.

Para Maila-Kaarina Rantanen, diretora do documentário A Heavy Metal Civilization, essa parceria vai além de uma realização profissional. “Eu me sinto genuinamente brasileira e finlandesa, meu coração bate igual por meus dois países e poder ver o filme que fizemos de maneira totalmente independente, parte de um projeto que une minhas raízes e minhas paixões [cinema e metal], me traz um sentimento de realização pessoal inexplicável. Cristina Ornellas complementa dizendo que sempre vislumbrou que o documentário alcançasse o Brasil, pois sabe como o público metal brasileiro ama as bandas da Finlândia.

A Heavy Metal Civilization foi lançado na Finlândia em 2018; mais do que um filme sobre a cena do heavy metal finlandês, é também uma história contada pelas bandas que a formaram. Vários dos maiores representantes do gênero compartilharam no documentário seus pontos de vista sobre sociedade, religião, política e como uma subcultura underground se tornou um importante embaixador da cultura local. Dentre os vários protagonistas temos Marco Hietala, Eicca Toppinen, Lauri Porra, entre outros muitos nomes de peso do metal mundial como Kiko Loureiro e Scott Ian.

O filme está disponível para ser assistido gratuitamente na plataforma do In-Edit Brasil até o dia 14 de agosto. Acesse AQUI.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS