SUPERBANNER BONÉ RS

“American Pie”, de Don McLean, ganha remix de 50 anos

Redação 89

“American Pie”, de Don McLean, ganha remix de 50 anos imagem divulgação

“American Pie” é um dos maiores clássicos do rock. A faixa-título do segundo álbum de estúdio de Don McLean, foi lançada em 24 de outubro de 1971 e atingiu o topo da parada americana em 15 de janeiro de 1972. Hoje ela está incluída no Registro Nacional de Gravação pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos como uma gravação “cultural, historicamente e artisticamente significativa”.

A canção que já recebeu versões de nomes como Madonna e Garth Brooks, acaba de ganhar um remix de 50 anos – via Capital Records –  assinado por L’Tric, produtor também conhecido como Andy Ramanauskas, de Melbourne, na Austrália.

No player abaixo você tem a versão 2022 desta emblemática canção:

“American Pie” é uma música fortemente associada ao acidente aéreo que ocorreu em 3 de fevereiro de 1959 em Clear Lake, no Iowa, que tirou as vidas de Buddy Holly (22 anos), Big Bopper (28 anos) e Ritchie Valens (17 anos). Eles eram os maiores nomes da música jovem daquela época, o que gerou um enorme vazio no cenário do entretenimento. A data em que ocorreu esse acidente ficou conhecida como “O dia em que a música morreu” (“The day the music died”).

A letra de “American Pie” não retrata o acidente, apenas explora o clima de nostalgia vivido no fim dos anos 60. McLean deixou claro por diversas vezes que não pensou numa homenagem direta e que os DJs das rádios da época foram os responsáveis pela associação de sua música com o acidente de Holly, Bopper e Valens. Como o verso inicial da canção é de causar arrepios, ficou impossível não fazer qualquer tipo de relação com o trágico dia para o rock’n’roll, imortalizando aqueles artistas.

Tudo o que você leu nas linhas acima estará presente no documentário The Day the Music Died: The Story Of Don McLean’s American Pie, que estreará em 19 de julho no Paramount+.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS