SUPERBANNER BONÉ RS

Bruce Dickinson descarta aposentadoria do Iron Maiden e prevê “morte no palco”

Redação 89

Bruce Dickinson descarta aposentadoria do Iron Maiden e prevê “morte no palco” imagem divulgação

Bruce Dickinson, vocalista do Iron Maiden, voltou a afirmar que a banda ainda não tem planos de se aposentar. Ele discutiu essa questão na mais recente edição do programa de rádio Full Metal Jackie.

“Realmente não estamos planejando nos aposentar. Acho que nós provavelmente vamos cair mortos no palco”, comentou o cantor, que acrescentou: “Ainda estamos todos trabalhando com muita energia e muito entusiasmo, então mal posso esperar para voltar [com a nova turnê].”

A nova declaração reforça o que Dickinson disse em fevereiro de 2020 na Sala Radio em Bucareste, na Romênia, quando questionado sobre o que acontecerá depois que ele e seus colegas se aposentarem (AQUI). “Nós poderemos apenas descansar e receber royalties ao invés de trabalhar… Mas isso nunca vai acontecer, porque nunca vamos nos aposentar”, afirmou.

Essa questão da aposentadoria do Iron Maiden já foi debatida em outras ocasiões. Há cerca de três anos , o baixista Steve Harris conversou com o jornalista Eddie Trunk, da rádio americana SiriusXM, e foi obrigado a falar sobre o assunto. “Se entendermos que não estamos mais produzindo, então conversaremos entre a gente e provavelmente será o fim”, explicou e rapidamente emendou outra frase: “Mas, no momento, não nos sentimos assim. Definitivamente ainda estamos dando conta do recado”.

De acordo com o site oficial do Iron Maiden, a nova etapa da turnê Legacy Of The Beast começa em 22 de maio na Croácia e segue até 31 de agosto cumprindo datas pela Europa. Em setembro o Iron Maiden desembarca na América do Sul e o primeiro show é em 2 de setembro no Rock in Rio. A 89 FM é rádio oficial do festival, fique ligado aqui no site e em nossas redes sociais!



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS