Como Ajudar
Especial U2

Sister Rosetta Tharpe, a mulher que inventou o rock

Redação 89

Sister Rosetta Tharpe, a mulher que inventou o rock imagem divulgação

Neste dia Internacional da Mulher, a 89 FM faz questão de lembrar da norte-americana Sister Rosetta Tharpe, que foi uma cantora revolucionária. Ela passou a apresentar em seus shows, a partir de 1938, um estilo próprio e único, o qual utilizava influências do jazz e do blues com uma distorção incomum em sua guitarra.

Sua música “Strange Things Happening Every Day”, gravada em 1944, é considerada a primeira canção de rock da história e foi a primeira faixa com forte crítica religiosa a figurar no top 10 da Billboard. A partir daí, uma mulher negra, divorciada, beirando os 30 anos, começava a quebrar barreiras e a encantar todos aqueles que estavam dispostos a se ligar num ritmo que parecia ter uma energia própria.

No início dos anos 1950, a grande popularidade alcançada por Sister Rosetta já havia inspirando nomes como Elvis Presley, B.B King, Bob Dylan, Jerry Lee Lewis, Chuck Berry, Etta Jones, Johnny Cash, Little Richards, entre outros grandes artistas.

Inclusive, Robert Plant, vocalista do Led Zeppelin, gravou uma música em sua homenagem: “Sister Rosetta Goes Before Us”. Ele deixa claro que Sister Rosetta veio antes de todos aqueles que começaram a fazer rock and roll. Ou seja, foi uma mulher quem inventou um gênero musical, que mais tarde se transformaria num estilo de vida que pregaria o pacifismo e a liberdade. #VivaORock



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS