Fantastic Negrito anuncia “White Jesus Black Problems”

Redação 89

Fantastic Negrito anuncia “White Jesus Black Problems” imagem divulgação

Nesta quarta-feira (09), o três vezes vencedor do Grammy, cantor, compositor, músico e ativista Fantastic Negrito (Xavier Dphrepaulezz) anuncia seu projeto mais ambicioso até hoje, White Jesus Black Problems, que será lançado em 3 de junho através de sua própria gravadora, Storefront Records.

Para acompanhar o álbum, Fantastic Negrito criou um longa-metragem com a música. “White Jesus Black Problems” foi escrito, gravado e filmado em Oakland, onde o artista cresceu e atualmente reside. O trabalho multimídia é baseado na história real da avó (sétima geração de sua família) escocesa branca de Negrito (Gallamore), uma serva contratada, vivendo em um casamento de direito comum com seu avô escravizado afro-americano (Courage); desafiando abertamente as leis racistas e separatistas da Virgínia colonial da década de 1750. Assista ao trailer de White Jesus Black Problems:

O primeiro single oficial do álbum e do filme, “Highest Bidder”, é uma confluência de muitos temas, abordando racismo, capitalismo e o próprio significado da liberdade de maneira provocativa. Variando de ritmos africanos ao delta blues, a nova faixa atravessa gêneros, enquanto examina o funcionamento interno da sociedade, onde tudo e qualquer coisa está à venda. O videoclipe segue Fantastic Negrito – vestindo uma de suas roupas excêntricas características – enquanto ele exibe os desejos da natureza humana e o que as pessoas pagarão para adquiri-los; sejam os melhores carros, as melhores armas, a melhor comida, os melhores servos ou o melhor sexo, tudo vai para o maior lance.

Assista ao videoclipe de “Highest Bidder” utilizando o player abaixo:

Fantástico Negrito fala sobre “Highest Bidder”: “Essa música é tão verdadeira hoje como sempre foi. Os egípcios, os persas, os gregos, os romanos, os americanos, tudo vai para o maior lance. É a natureza humana. As pessoas sempre querem ter o melhor.” Ele continua dizendo: “Tudo se baseia em extrair o máximo das outras pessoas pelo mínimo. Neste país, adoramos bilionários, enquanto partes de algumas cidades se parecem com o que chamaríamos de terceiro mundo. Estou tentando transmitir o que vejo quando ando pela rua aqui em Oakland.”

Ao longo de pouco mais de um ano, Negrito escreveu quase 50 faixas inspiradas em Gallamore e Grandfather Courage, eventualmente reduzindo a coleção a uma mistura de 13 músicas e interlúdios que capturaram a luta e o triunfo da história do casal. Pela primeira vez, ele gravou o núcleo de cada música no estúdio com seu baterista, James Small (que também interpreta Grandfather Courage no filme), antes de mais tarde sobrepor instrumentos adicionais por conta própria e trazer colaboradores externos como o baixista Cornelius Mims, o guitarrista Masa Kohama, o tecladista Lionel LJ Holoman e a violoncelista Mia Pixley.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS