Titãs: álbum “Tudo ao Mesmo Tempo Agora” completa 30 anos

Redação 89

Titãs: álbum “Tudo ao Mesmo Tempo Agora” completa 30 anos imagem divulgação

Lançado em 23 de setembro de 1991, o álbum Tudo ao Mesmo Tempo Agora, dos Titãs, completa hoje 30 anos. Ele é o sexto trabalho de estúdio da banda, que assinou toda a produção do disco, que não foi sucesso de crítica antes de sua chegada ao mercado.

Apesar da má recepção dos jornalistas, ficou entre os mais vendidos num momento em que saiam Use Your Illusion I e II, do Guns N’ Roses, e Slave to the Grind, do Skid Row. Ao longo dos anos, se tornou um verdadeiro clássico do nosso rock nacional.

Esse disco marca o último trabalho de Arnaldo Antunes com o grupo, que pela primeira vez assinava todas as músicas de forma coletiva. Segundo Nando Reis, a decisão de assinar todas as composições simplesmente como “Titãs” não foi consensual. Ele próprio disse que faria diferente, e que acredita que isso pode ter pesado na decisão de Arnaldo cair fora pouco tempo depois.

Tudo ao Mesmo Tempo Agora chegou para suceder Õ Blésq Blom, álbum que rendeu bons frutos à banda. No entanto, marcou uma mudança de estilo, focado no rock mais básico e com letras agressivas. “Saia de Min”, “Clitóris”, “Não é Por Não Falar” e “Isso para Mim É Perfume” são algumas das faixas mais celebradas.

Outro destaque do disco é sua capa, montada pelo artista Fernando Zarif, usando imagens da enciclopédia Barsa.

No player abaixo você relembra na íntegra esse importante trabalho dos Titãs:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS