Soundcloud: novo plano de royalties torna música do Portishead 500% mais lucrativa

Redação 89

Soundcloud: novo plano de royalties torna música do Portishead 500% mais lucrativa imagem divulgação

O Soundcloud anunciou em março deste ano um novo tipo de remuneração para artistas com base em sua audiência. Com o “royalties alimentados por fãs”, a receita da assinatura de cada ouvinte passou a ser distribuída entre os artistas que ele ouve, beneficiando aqueles que têm uma maior base de fãs fiéis.

Para exemplificar esse modelo de streaming mais justo, o Soundcloud anunciou nesta semana que uma música do Portishead, publicada dessa forma, ganhou 500% mais do que normalmente ganharia em outras plataformas digitais.

“O modelo está seguindo como esperado e a estatística referente ao Portishead é uma forte confirmação que o engajamento dos fãs está gerando uma receita significativa”, disse um representante da plataforma ao site Pitchfork.

Geoff Barrow, um dos fundadores do Portishead, considerou que essa é uma oportunidade para fãs de música apoiarem seus artistas favoritos. Ele deu um bom exemplo sobre o dinheiro que entrou nessa jogada: “É a diferença entre poder pedir uma pizza e poder pagar o aluguel”.

O modelo “royalties alimentados por fãs” é uma boa jogada, mas já há plataformas como a Royal, baseada em blockchain, que  possibilita ao usuário comprar músicas na forma de um ativo digital. Isso quer dizer que o ouvinte passa a ter direito a um “pedaço da faixa” e a receber royalties ao lado de seus artistas favoritos. Saiba mais AQUI.

No player abaixo você confere a canção “SOS”, a canção do Portshead que ganhou destaque no Soudcloud:

Portishead · SOS

 



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS