30 anos de “Smells Like Teen Spirit”, do Nirvana

Redação 89

30 anos de “Smells Like Teen Spirit”, do Nirvana imagem divulgação

Há 30 anos cravados, em 10 de setembro de 1991, o Nirvana lançava “Smells Like Teen Spirit”, o single de estreia de seu segundo álbum de estúdio, Nevermind.

A música de um riff aparentemente simples, que cresce até explodir em um refrão de revoltas, teria a capacidade de definir o rock ao longo da década de 1990.

Ela entraria na programação das rádios americanas por pura insistência dos ouvintes e seu clipe, que mostra o grupo em um concerto em ginásio de escola, dirigido por Samule Bayer, viraria febre na MTV.

Com produção de Butch Vig, “Smells Like Teen Spirit” foi gravada em maio de 1991, no estúdio Sound City, de Los Angeles. Foram três passagens da canção em um take só e o segundo deles foi aproveitado para o disco. É o clássico que a gente conhece.

No ano passado, Dave Grohl disse numa entrevista ao jornal britânico The Guardian que o sucesso dessa música mudou sua trajetória. “Nada mudou a minha vida como essa canção”, garantiu Grohl, acrescentado: “O Kurt [Cobain] sabia escrever músicas com muita simplicidade e profundidade”.

Grohl, no entanto, não acreditava que aquela faixa se tornasse um hino e atribui seu sucesso à falta de pretensão. Ele, por exemplo, achava as faixas “Lithium” e “In Bloom” mais fortes.

“O Nirvana era uma banda que tocava para 600 pessoas. Eu já me sentia como se estivesse na maior banda do mundo”, afirmou, deixando claro as pessoas descobriram que ouvir a música no rádio era uma coisa e presenciar a banda tocando era algo bem maior.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS